Exportação de café por Santos cresce 22,5% em janeiro

Imprimir

As exportações brasileiras de café cresceram 18,2% no primeiro mês do ano. No mesmo período, os embarques pelo Porto de Santos subiram 22,5% e o complexo santista respondeu por 82,3% de todas as vendas externas.

No mês passado, 2.081.327 sacas de 60 quilos de café foram embarcadas pelo Porto de Santos. Em janeiro do ano passado, 1.698.655 sacas da commodity foram escoadas pelo cais santista.

Apesar do aumento no volume exportado, a receita obtida com as vendas registrou queda de 11,7%. Em janeiro do ano passado, ela foi de US$ 477,6 milhões e no mês passado alcançou somente US$ 424,2 milhões.

Pode-se ter uma ideia da participação do Porto nos embarques quando se verifica o volume escoado pelo País. No primeiro mês do ano, foram exportadas 2.530.123 sacas de café em todo o Brasil. No mesmo mês do ano passado, o volume exportado chegou a 2.139.647 sacas.

Mesmo com o aumento nos embarques da commodity em todo o País, a receita em janeiro caiu 13,3% se comparada ao mesmo mês do ano passado. Foram gerados US$ 505,1 milhões, contra US$ 582,8, no primeiro mês de 2012.

Para o diretor-geral do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Guilherme Braga, o volume cresceu por conta do baixo desempenho das exportações do ano passado, motivado pelo mau tempo.

“É um reflexo do atraso na comercialização do produto, que aconteceu no ano passado em decorrência das chuvas nas regiões produtoras. Agora, esse café começa a ser escoado, gradativamente”, diz ele.

No ano safra, que foi iniciado em julho último, foram exportadas 18.211.771 sacas de café, até janeiro. O volume é 5,6% inferior ao registrado no mesmo período da safra anterior, quando 19.286.414 sacas foram embarcadas. Desde julho, a receita apontada foi de US$ 3.7 milhões, contra US$ 5,3 milhões, no ano passado.

Entre os mercados internacionais, a Europa foi o principal comprador do café brasileiro. O continente importou 51% do total embarcado em janeiro. Já a América do Norte respondeu pela compra de 23% do total de sacas exportadas, a Ásia por 22% e os demais países da América do Sul, 1%.

De acordo com o Cecafé, a lista de países importadores em janeiro deste ano segue liderada pelos Estados Unidos, que adquiriram 526.729 sacas, o equivalente a 21% do total exportado. Em segundo lugar surge a Alemanha com 443.648 – 18% do total.

O Japão ocupou a terceira colocação após importar 302.956 sacas do café brasileiro, o equivalente a 12%. Já em quarto lugar está a Itália com 248.685 sacas – 10% do total.

Além do Porto de Santos, que foi responsável por 82,3% dos embarques, os portos do Rio de Janeiro e Vitória (ES) também escoaram o café brasileiro. Eles foram responsáveis por 13,8% e 0,9% dos embarques, respectivamente. O Porto do Rio (inclui Sepetiba) embarcou 348.010 sacas e Vitória, 23.096.

Fonte: A Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *