Exportação de café do Vietnã pode recuar 13% na safra 2012/13

Imprimir

As exportações de café do Vietnã, o maior produtor mundial de café robusta, podem cair 13% na safra 2012/13 devido à menor produção e aumento do consumo interno, o que também pode impulsionar os preços locais, segundo Luong Van Tu, presidente da Associação de Café e Cacau do Vietnã (Vicofa).

A produção na temporada 2011/12, que começou em outubro, deve alcançar 18,3 milhões de sacas. O consumo doméstico é estimado em 1,7 milhões de sacas. O consumo interno tem crescido significativamente nos últimos anos. Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, a previsão para a demanda interna na safra 2012/13 é de 1,83 milhão de sacas. Mas o consumo poderia ser ainda maior no próximo ano, chegando a 2 milhões de sacas, em meio à crescente popularidade da bebida entre os jovens, disse Luong Van Tu.

Em fevereiro, a Vicofa fez previsão de declínio de 15% a 20% na produção no próximo ano em função de condições climáticas desfavoráveis que causaram florescimento precoce. Mas o clima tem sido favorável nos últimos meses, beneficiando a cultura. E a qualidade dos grãos é boa, segundo a entidade. Assim, a produção deve cair apenas 10%.

Entretanto, as exportações serão mais baixas. No período de outubro de 2011 a abril deste ano, o Vietnã exportou 13,55 milhões de sacas em relação às 10,98 milhões de sacas um ano antes, segundo a Organização Internacional do Café (OIC).

Fonte: Valor Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *