Expocafé reúne todos os elos da cadeia produtiva em Três Pontas

Imprimir

O maior evento do agronegócio café no Brasil chega à sua maioridade este ano reunindo em Três Pontas, no Sul de Minas, integrantes de todos os elos da cadeia produtiva, do plantio à colheita. Entre os próximos dias 1 e 3 de julho, produtores, técnicos, empresários e demais interessados participam da 18ª Expocafé com o objetivo de democratizar o conhecimento e apresentar as mais recentes tecnologias para a produção cafeeira. O público é variado e chega de diferentes partes do Brasil, além de países da América Latina, América do Norte e Europa.

“A Expocafé representa a melhor oportunidade de se conhecer o que há de mais novo em termos de tecnologia e maquinário disponíveis para todos os elos da cadeia produtiva de café no Brasil”, diz o diretor-presidente da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel), Francisco Miranda de Figueiredo Filho.

A programação inclui feira com exposição de produtos e serviços focados no agronegócio café (maquinário em geral, secadores, tratores, guinchos hidráulicos, roçadeiras, adubadeiras, plantadeiras, podadeiras, motoserras, sopradores, pulverizadores, lavadores e derriçadeiras, entre outros), além de dinâmicas de campo, coordenadas pela equipe técnica da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG – que oferecem aos visitantes a oportunidade de acompanhar o funcionamento de máquinas e implementos.

“Nas estações de campo é possível saber mais sobre as máquinas e conhecer novas cultivares de café, além de materiais genéticos que estão em fase experimental e são resultantes do Programa de Melhoramento Genético do Cafeeiro da Epamig”, explica o presidente da EPAMIG, Rui da Silva Verneque. Em sua 17ª edição, em 2014, a Expocafé reuniu 140 expositores e recebeu 22 mil visitantes, gerando negócios no valor de aproximadamente R$ 200 milhões.

6º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira
Antecedendo a Expocafé 2015, a Fazenda Experimental da Epamig recebe em sua tenda de eventos, no dia 30 de junho, o 6º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira, que reúne pesquisadores, professores universitários, técnicos e cafeicultores de diversos estados brasileiros e representa oportunidade para intercâmbio de informações sobre tecnologia e produção mecanizada.

Sobre a Expocafé
A Expocafé acontece na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Três Pontas. É realizada pela Cocatrel, EPAMIG e Universidade Federal de Lavras (Ufla), com apoio da Prefeitura Municipal de Três Pontas. A promoção é da Café Editora, empresa com mais de 10 anos de atuação e especializada no mercado de cafés. O objetivo dos organizadores é contribuir para a promoção da melhoria de renda e da qualidade de vida do produtor rural, a geração de empregos e a fixação do homem no campo.

Café
O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café e o segundo maior consumidor do produto. Há cerca de 1.900 produtores divididos em 15 Estados: Acre, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo. A variedade de climas, relevos, altitudes e latitudes permite que o país produza uma ampla gama de tipos e qualidades de cafés.

Na safra 2015/16, o país deve colher 48,05 milhões de sacas de 60 kg de café, número superior aos 47,5 milhões da última safra. O café é o quinto item mais exportado do agronegócio brasileiro, atrás de soja, carnes, produtos florestais e itens do complexo sucroalcooleiro. Os principais importadores do café brasileiro são Alemanha, Estados Unidos, Itália, Bélgica e Japão. As exportações de café no Brasil alcançaram valor de US$ 1,7 bilhões nos três primeiros meses de 2015, número 36,18% superior ao registrado em igual período de 2014.

Fonte: Assessoria de Imprensa via Canal do Produtor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *