Expocafé 2014 apresenta incremento de 10% de público e de negócios

Imprimir
A Expocafé, considerado o maior evento de agronegócio café no Brasil, terminou com um saldo positivo. De acordo com estimativa de fechamento divulgada, o incremento foi de 10% de público e de negócios, em comparação à edição do ano passado. Foram 22 mil visitantes nos três dias de evento e R$ 215 milhões de negócios. A Expocafé 2014 contou com uma área total de 25 mil metros quadrados, 140 expositores e mais de 300 produtos. “Este ano passamos de apoiadores para realizadores da 17ª edição da Expocafé. Ficamos honrados com este desafio. Recebemos muitos retornos positivos de expositores que manifestaram a satisfação de terem participado desta edição e já confirmaram a presença para o próximo ano”, comemora Francisco Miranda, presidente da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel).

Quem já afirmou participar da próxima edição da Expocafé é a Kapeh Cosméticos, participante do evento por cinco anos consecutivos. A Kapeh lançou uma linha gourmet de cosméticos com a mistura clássica do café com leite. “A combinação, que já rende muitos admiradores na gastronomia, agora é utilizada na composição de sabonete vegetal, loção ultra hidratante, leite de banho e manteiga esfoliante. Foram vendidas mais de mil unidades só da linha gourmet, além das linhas de ambiente e de colônias masculinas e femininas, sempre muito procuradas”, afirma a sócia-diretora Vanessa Vilela.

Uma das novidades que chamaram a atenção dos produtores foi a máquina Safra Zero da empresa TDI, de Araguari (MG), com filial em Três Pontas. A máquina faz três funções de uma só vez: decotamento, esqueletamento e colheita. Desenvolvida por um produtor rural da região, a novidade custa R$ 620 mil. De acordo com Alzair Pontes, representante da TDI, a cada cinco pessoas que visitaram o estande, quatro pediram para conhecer a Safra Zero. “Vamos fechar a feira com uma lista de oito pessoas que manifestaram interesse em fechar negócio conosco”, comemora o expositor que participa da Expocafé desde a primeira edição.

Participante pela primeira vez, outra novidade muito procurada foi o Sistema de Pulverização Eletrostático da empresa SPE, de Porto Alegre (RS). O sistema foi desenvolvido no Brasil para atender à necessidade de redução de calda e eficácia na aplicação de defensivos agrícolas. De acordo com o expositor da SPE, Irair Lopes, estar na Expocafé foi a porta de entrada no mercado cafeicultor do sul de Minas Gerais. “Recebemos muitas encomendas. Percebemos que o produtor local teve muito interesse pelo nosso sistema eletrostático devido à eficiência e à economia que nosso produto oferece”, afirma.

A 17ª edição da Expocafé teve a promoção da Café Editora, empresa especializada em eventos e conteúdo na área de café, realização da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel), da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) e do Governo de Minas, com o apoio da Universidade Federal de Lavras (UFLA) e da Prefeitura Municipal de Três Pontas (MG).

Expocafé 2014
Fonte: Press Comunicação Empresarial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *