Expocafé 2011: começa nesta quarta-feira (15) a maior feira do agronegócio café

Imprimir

O maior evento do agronegócio café no Brasil, a Expocafé, realizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais(Epamig), terá abertura oficial hoje (15), na Fazenda Experimental da Epamig em Três Pontas-MG. Durante o lançamento oficial do evento, realizado no último dia 7, foram apresentadas as novidades que integrarão a programação desta 14ª edição da Expocafé.

De acordo com o coordenador-geral do evento, Mairon Martins Mesquita, em entrevista ao Diário do Comércio, as  expectativas são positivas em relação aos negócios e à maior participação de toda a cadeia produtiva do café. O objetivo é reunir no espaço desde os produtores, indústrias até fornecedores de máquinas, equipamentos e insumo para a atividade.

"Os preços lucrativos pagos pela saca de café estão contribuindo para a maior capitalização dos produtores e estimulando os investimentos na aquisição de máquinas, equipamento e de cultivares de alta tecnologia, com maior tolerância ao clima e a doenças e pragas. Durante o evento também serão discutidos assuntos importantes para o desenvolvimento da cafeicultura, como crédito e novas tecnologias", disse Mesquita.

Todos os espaços da Expocafé foram comercializados. Outros resultados positivos esperados são o aumento do público, que deverá passar dos 12 mil em 2010 para 20 mil na edição deste ano e aumento dos negócios realizados. A Expocafé, maior evento nacional de transferência de tecnologia e de extensão do agronegócio café, é aberta ao público. Será realizada na Fazenda Experimental da Epamig, rodovia MG 167, em Três Pontas.

A Expocafé contará, pela segunda vez, com uma exposição de equinos, chancelada pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCC). A exposição será organizada pelo Núcleo dos Criadores de Mangalarga Marchador do Sul de Minas.

Novidades

A Expocafé 2011, traz ao seu público diversas novidades este ano, como a nova logística da Feira, o 1º Encontro de Inovação de Café, em parceria com o Sistema Mineiro de Inovação (Simi), a Audiência Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que abordará temas de interesse dos cafeicultores da região, como a importância da pesquisa e da transferência de tecnologia e o papel das cooperativas na sustentabilidade da cafeicultura do Sul de Minas.

Nesta Audiência Pública também serão apresentadas as propostas do Governo de Minas para o Fundo Estadual do Café, que entra em vigor no ano que vem. São novidades este ano as tendas climatizadas para treinamentos e minicursos no interior da Feira, edição especial do Café com Saúde, dentre outras.

Em todos os dias da Expocafé, a Epamig realizará uma edição do evento "Café com Saúde". Os pesquisadores da entidade abordarão sobre os benefícios do café para a  saúde. Também serão disponibilizadas informações sobre as pesquisas realizadas pela Epamig que visam à melhoria da qualidade dos alimentos e desenvolvimento da economia mineira e brasileira.

Um dos principais eventos que acontecerá será o II Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira. O objetivo é intensificar a transferência e a difusão de tecnologias com todos os elos da cadeia agroindustrial do café representados no evento.  Entre os assuntos a serem discutidos no simpósio estão o manejo integrado de pragas, tecnologia de aplicação de defensivos na cafeicultura, uso da aviação agrícola nas culturas, podas do cafeeiro, uso de máquinas portáteis e colheita mecanizada do café.

Fonte: Jornal Correio do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *