Expocaccer certifica mais um grupo com o selo Rainforest Alliance

Imprimir

Entre os dias 05 e 08 de novembro, o grupo composto por 12 propriedades rurais foi auditado pela primeira vez com vistas a ser certificado com o selo Rainforest Alliance, constituindo assim o GRAE II – Grupo Rainforest Alliance Expocaccer. Esta certificação possui sabor especial não só para os produtores que certificaram suas fazendas, mas também para a Expocaccer, a qual iniciou os trabalhos de mobilização para formação do grupo em junho deste ano e agora, quatro meses depois, recebe a resposta positiva quanto à certificação. “A complexidade e investimento para uma fazenda se adequar às normas da Rainforest Alliance são muito grandes e, normalmente, qualquer grupo formado minimamente precisa de um ano, em média, para tais adequações. Este grupo teve o tempo de apenas quatro meses e em plena safra do café, o que pode soar como tamanha ousadia conciliar safra e certificação RA. No entanto, tudo isso foi possível graças a um trabalho em grupo, de união, comprometimento e coragem. Primeiramente dos nossos cooperados que aceitaram o desafio e segundo de uma mobilização dos agentes comerciais, dos componentes do Departamento de Certificação e dos técnicos do Projeto Educampo, que incentivaram e auxiliaram os produtores nesta empreitada”, conta Sérgio Geraldo Dornelas, superintendente da Expocaccer.

O processo de certificação

Do grupo formado por 12 fazendas, quatro foram auditadas pela empresa IMAFLORA – Instituto de Manejo Certificação Florestal e Agrícola, e sob os olhos atentos dos auditores, a norma foi minuciosamente inspecionada.  Estas fazendas escolhidas, de acordo com a regra das certificações em conjunto, respondem pela totalidade do grupo, o que aumenta a responsabilidade e a expectativa. Contudo, no final da tarde do dia 08, a resposta da auditoria de verificação foi favorável e concedeu ao audacioso grupo do GRAE II a certificação RA.

Além das fazendas, a condução do processo de certificação também é auditado, o qual ficou sob o comando de Lorena Leonel, coordenadora do Departamento de Certificação da cooperativa. Em sua inspeção, Lorena conseguiu um fato inédito, alcançou 100% de aprovação pela avaliação dos auditores, reforçando com isto, o empenho da cooperativa em certificar este grupo e fornecer auxílio para os cooperados neste processo. “A nota foi uma grata surpresa mesmo, os trabalhos do Departamento de Certificação começaram no início do ano e com este grupo estávamos trabalhando há somente quatro meses. Sinto-me muito satisfeita com o resultado geral da certificação, sobretudo com a avaliação positiva que recebemos para a coordenação das atividades. Tudo isso engrandece o nosso trabalho e nos motiva a continuar fazendo mais e cada vez melhor”, ressalta Lorena.

Os cooperados participantes do GRAE II contaram, além da Expocaccer, com o apoio do SEBRAE e da Nespresso. As consultorias preparatórias para o processo foram realizadas conjuntamente entre Expocaccer e a empresa Agrocert, a qual forneceu todo o suporte e monitoramento do cumprimento das atividades para alcance do resultado satisfatório, resultado este comemorado pelo superintendente. “Este foi um trabalho feito com dedicação, envolvimento, comprometimento, espírito de equipe e com isso foi possível alcançar os objetivos traçados e o sucesso apresentado. Esta é, e sempre será, a forma de trabalhar da equipe Expocaccer”, destaca Dornelas.

Sobre o GRAE

O primeiro grupo GRAE Expocaccer nasceu dentro de um dos grupos do Projeto Educampo, sendo que desse grupo de 17 propriedades, dez aderiram à proposta desafiadora de buscarem a certificação Rainforest Alliance. A primeira auditoria de verificação aconteceu em 2009 e o desafio residia no alto nível de exigência da norma RA para as propriedades, porém, o prêmio pago pelo mercado impulsionou o grupo a ir em frente. Além do apoio da Expocaccer para efetivação dos processos, o GRAE contou também com o apoio do SEBRAE. Em 2012. Neste ano, houve a possibilidade de extensão deste projeto e com isso foi formado o GRAE II, totalizando hoje 22 fazendas no GRAE Expocaccer (I e II).

De acordo com a superintendência da Expocaccer, a cooperativa já está iniciando os trabalhos para formação de um terceiro GRAE, para o qual almeja repetir o sucesso dos grupos anteriores.

A certificação Rainforest Alliance, bem como as demais certificações, caracteriza-se por promover nas propriedades agrícolas, sistemas produtivos de conservação da biodiversidade e o desenvolvimento humano sustentável, visando à aplicação de normas sociais e ambientais. A norma estimula a utilização de melhores práticas agrícolas dentro das fazendas, focada sempre na implementação de uma cultura sustentável e em um retorno positivo para produtor firmado em três vertentes: econômica, social e ambiental. O prêmio pago geralmente é visto como o principal retorno no investimento, porém há outros fatores de relevância, entre eles está a mudança comportamental instaurada no ambiente das fazendas.

Fonte: ASCOM Expocaccer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *