Estudo desmitifica que o consumo de café faz mal ao coração

Imprimir
Os amantes de café podem comemorar. Enquanto muitos apontam os malefícios do excesso do consumo da cafeína, um estudo da Universidade Queen Mary de Londres sugere que os malefícios da bebida ao sistema circulatório podem ser inválidos e que, se você quiser, pode tomar até 25 xícaras por dia.

O estudo foi apresentado na Conferência Britânica da Sociedade Cardiovascular. Mais de oito mil pessoas do Reino Unido foram avaliadas, sendo que os participantes foram divididos em três grupos: aqueles que bebem menos de um xícara de café por dia, os que ingerem de uma a três xícaras e os que tomam mais do que isso. Nessa amostra, as pessoas que bebiam mais de 25 medidas foram excluídas e passarão por uma análise futura. “Embora a grande popularidade do café ao redor do mundo, artigos diferentes podem fazer com que as pessoas o apreciem menos. Embora não possamos provar uma ligação causal neste estudo, nossa pesquisa indica que o café não é tão ruim para as artérias como estudos anteriores sugeririam”, afirma Kenneth Fung, um dos participantes do estudo.

“Existem vários estudos conflituosos dizendo coisas diferentes sobre o café e pode ser difícil filtrar o que devemos acreditar ou não. Esperamos que esta pesquisa coloque alguns dos relatos da mídia em perspectiva, uma vez que exclui um dos potenciais efeitos prejudiciais do café em nossas artérias”, afirma o professor Metin Avkiran, diretor médico associado da British Heart Foundation, organização que fundou parcialmente a descoberta.

De fato, a bebida pode trazer benefícios à saúde. Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) e publicada no Journal of the American Heart Association em 2018 aponta que o café pode fazer bem ao coração. “O consumo habitual de (mais de três xícaras) de café diminuíram as chances de aterosclerose subclínica entre os nunca fumantes”, aponta o artigo.

Contudo, existem uma série de malefícios que já foram conectados à bebida, como gastrite, aumento dos batimentos cardíacos, diarréia e dores no peito. Uma revisão de quase estudos sobre o assunto foi publicada em 2017 no jornal acadêmico Food and Chemical Toxicology. Ela afirma que o limite do consumo de café diário é de 150 ml ou três xícaras.

Fonte: Revista Casa e Jardim (Por Bianca Alves)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *