Estatísticas da produção precisam ser aprimoradas

Imprimir

Em seu discurso durante a abertura da Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura, a Fenicafé, o presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado (MG), Francisco Sérgio de Assis, destacou a importância da política para o setor.“Sem ela, não se consegue fazer nada. Temos que nivelar nossa política por cima”, disse, apontando para a mesa onde encontravam-se, entre outras autoridades, o vice-governador do estado de Minas Gerais, Antônio Andrade, e o deputado federal mineiro Silas Brasileiro, que também é presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), “gente que realmente trabalha para a nossa região”.

Assis enfatizou que a cadeia café precisa trabalhar junto: a produção, a exportação, a torrefação e a indústria do solúvel, “enquanto que o governo faz a sua parte, que é aprimorar a estatística do setor”. “Todo mundo reclama que as estatísticas da produção de café são um ‘achômetro’, e realmente elas são um ‘achômetro’”, assinalou Assis.

Segundo Assis, o governo de Minas Gerais está liberando entre R$ 4 a R$ 5 milhões para a realização de georreferenciamento do parque cafeeiro estadual. “É disso que nós estamos precisando”, saudou.

Assis lembrou que Minas Gerais é o maior estado produtor de café arábica do Brasil “e, por isso, nós temos que andar na frente. Vamos mostrar para o Brasil e para todos os outros estados que estamos na frente, não só na questão da qualidade, mas na precisão das estatísticas, que demonstrarão para o Brasil o quanto realmente nós produzimos. Só poderemos fazer uma política real de café quando soubermos o real tamanho que temos”.

Fenicafé – A feira, promovida pela Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA) e a Federação dos Cafeicultores do Cerrado com apoio do Ministério de Agricultura e Pecuária (MAPA), Embrapa Café, Prefeitura e Câmara Municipal de Araguari. A Fenicafé segue até o dia 10 de março, reúne três eventos sobre a produção do grão e visa apresentar as tecnologias e tendências da cafeicultura irrigada. Segundo a organização, são aproximadamente 70 expositores. Cerca de 30 mil pessoas de mais de 100 cidades brasileiras são esperadas para a realização de negócios. Para conhecer mais sobre a o evento, visite as páginas do evento na internet e nas redes sociais: www.fenicafe.com.br, www.facebook.com/fenicafe, www.youtube.com/fenicafeari.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Fenicafé (Com Fábio Rübenich – Agência SAFRAS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *