Espírito Santo bate recorde na safra do café em 2011

Imprimir

O Espírito Santo ocupa menos de 0,5% do território Brasileiro, mas teve a maior produtividade média de café do Brasil, batendo recorde de produção no estado. Segundo dados da terceira estimativa da safra 2011/2012, realizada pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a cafeicultura capixaba atingiu a maior produtividade, passando na frente de todos os Estados brasileiros.

“Nunca havíamos registrado uma safra deste porte no estado. Até esta terceira estimativa de safra, foram colhidos no Espírito Santo 11.573 milhões de sacas de café, sendo 3.079 milhões de arábica e 8.494 milhões conilon. Nossa produtividade media foi de 25,5 sacas por hectare, superior a média nacional, que foi de 22 sacas por hectare. Este ano entra na história capixaba, com o alcance das maiores produtividades já registrada para as duas espécies”, destaca o coordenador do programa de cafeicultura e pesquisador do Incaper, Romário Gava Ferrão.

Com relação aos últimos seis anos de produção, segundo o Incaper, o estado teve um crescimento 43,5% de crescimento entre 2005 e 2011. Dessa porcentagem, 50% foi devido ao aumento na produção de café arábica e 41% do conilon. Para o coordenador, este aumento na produção se deve a várias ações feitas pelo governo do Espírito Santo e parceiros nos últimos anos, como a pesquisa aplicada nas diferentes áreas do conhecimento desenvolvidas pelo Incaper, programas de melhoria de qualidade e renovação de lavoura.

“No programa de pesquisa do Incaper, vêm sendo desenvolvidas tecnologias voltadas para a cafeicultura no Espírito Santo. São 25 anos de pesquisa, com 38 projetos e 153 ações de pesquisa voltadas para a melhoria da produtividade e da qualidade do café capixaba. afirma Romário.

Para o diretor presidente do Incaper, Evair Vieira de Melo, o recorde também se deve ao amplo programa de transferência de tecnologia do Instituto e Instituições parceiras. “São mais de 1.500 ações de transferência de tecnologia, como dias de campo, visitas técnicas, publicações, demonstrações de poda e irrigação, unidades demonstrativas, cursos, entre outras atividades, além da distribuição de mudas e sementes por meio do Programa Renovar Arábica e da Campanha de Melhoria da Qualidade do café conilon”, ressalta.

De acordo com o Incaper, a primeira estimativa da safra 2011/2012 ocorreu entre os meses de novembro e dezembro de 2010, época em que as lavouras estão enfolhadas com cargas elevadas de frutos em formação, e a segundo estimativa aconteceu em abril de 2011, período em que as lavouras mostravam alto potencial de produção com bom enchimento dos grãos.

Além do Espírito Santo, destacam-se na produção do café os estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Bahia, Rondônia e Mato Grosso.  

Fonte: Bom Dia ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *