EPAMIG lança livro que reúne resultados de 35 anos de pesquisa em cafeicultura

Imprimir

Todas as informações geradas por pesquisadores da área de cafeicultura da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) estão reunidas no livro “Café arábica: do plantio à colheita”, que será lançado dia 16 de junho, durante a abertura da EXPOCAFÉ 2010. “Este livro representa um marco dos 35 anos de pesquisa da EPAMIG”, diz o pesquisador Paulo Rebelles, editor da publicação ao lado do pesquisador Rodrigo Luz da Cunha.

O livro traz resultados de pesquisas destacados numa extensa revisão bibliográfica, gerados com o apoio financeiro do Consórcio Pesquisa Café e de outras instituições, como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). “A iniciativa desta obra contou com a participação efetiva de 35 pesquisadores da EPAMIG, incluindo também aqueles de outros órgãos que estão à disposição desta Empresa, todos com vasta experiência e dedicação à pesquisa com a cultura do café”, ressalta Rodrigo Luz da Cunha.

“Café Arábica do plantio à colheita” traz, em 896 páginas, 14 capítulos, que começam com a história do café no Brasil e seguem com temas inéditos da pesquisa gerada pela EPAMIG. “Apresenta etapas importantes no manejo da cultura, atualizando informações de conteúdo técnico e abrangente, visando o cultivo racional por meio de tecnologias disponíveis que possibilitam uma produtividade com qualidade e sustentabilidade”, observa Paulo Rebelles, que diz que a finalidade do documento é atender à demanda de produtores, da assistência técnica, de pesquisadores e demais pessoas ligadas ao agronegócio do café, disponibilizando em uma só publicação todas as tecnologias geradas para o setor.

“Acreditamos que, por meio dos temas desenvolvidos neste livro, bem como no segundo volume, programado para apresentar assuntos desde a colheita até o consumo do café, estaremos apresentando uma obra de grande valia com referencial para difundir informações técnicas e contribuir com a cafeicultura mineira e nacional”, afirmam os editores.

Para o presidente da EPAMIG, Baldonedo Arthur Napoleão, a obra é altamente relevante e necessária a cafeicultores, pesquisadores, professores, consultores, estudantes na área de Ciências Agrárias e a todos aqueles ligados à cadeia produtiva do café. “As informações aqui apresentadas fazem parte da comemoração dos 35 anos de pesquisa da EPAMIG e, sem dúvida, são importantes para dar continuidade ao desenvolvimento da cafeicultura de Minas Gerais e demais Estados produtores do País”, assegura.

O diretor técnico da EPAMIG, Enilson Abrahão, diz que a publicação vai coroar o trabalho da equipe de pesquisadores da área do café e mostrar a força e a competência do grupo.
O segundo volume já está sendo escrito e terá o título “Café Arábica: da pós-colheita ao consumo“. A publicação será lançada durante o próximo Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, que será realizado em Araxá, em 2011.

Fonte: EPAMIG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *