Engenheira agrônoma é selecionada para bolsa de mestrado internacional em café

Imprimir
Lucicléia_BolsistaMasterA engenheira agrônoma Lucicléia Souza Romano, de Paranaíba – MS, é a brasileira selecionada para receber uma bolsa de estudos integral na edição 2020 do Mestrado Internacional em Economia e Ciência do Café Ernesto Illy (International Masters in Coffee Economics and Science Ernesto Illy), realizado em Trieste, na Itália. O curso é realizado pela Fundação Ernesto Illy e a Università del Caffè (UDC), em parceria com um renomado grupo de líderes em educação.

Lucicléia tem 26 anos e é graduada em Engenharia Agronômica pela Faculdade de Engenharia da Universidade Estadual Paulista, Campus Ilha Solteira (UNESP/FEIS). “Meu envolvimento com o café começou na graduação, quando fiz estágio no processamento pós-colheita do café”, lembra ela, que desde 2017 atua no Instituto Agronômico de Campinas (IAC). “O trabalho no IAC me levou a um Mestrado em Agronomia/Produção Vegetal na UNESP, em Jaboticabal-SP”, disse.

Além de Lucicléia, a edição de 2020 do Mestrado Internacional tem outra bolsista brasileira. Priscylla Shimada de Assis foi a vencedora do primeiro Prêmio Ernesto Illy Mulheres do Café e também terá as despesas pagas para realizar o curso na Itália. O Prêmio Ernesto Illy Mulheres do Café foi revelado durante a cerimônia do 28º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, em abril deste ano, em São Paulo.

Para os interessados em realizar o curso em Trieste, as inscrições para alunos pagantes vão até 1º de outubro, diretamente com a Fundação Ernesto Illy.

Os contatos para mais informações são :
– Sobre a seleção no Brasil: pensa@pensa.org.br e tel. (11) 3818-4005 (São Paulo).
– Sobre o mestrado: master@illy.com.

Sobre a illycaffè
A illycaffè (http://illy.com.br/) é uma empresa familiar italiana, fundada em Trieste em 1933, comprometida em oferecer o melhor café do mundo. É a marca de café mais global, produzindo um único blend de café espresso 100% arábica, com grãos provenientes de 9 países fornecedores, sendo o Brasil o principal. São consumidas mais de 7 milhões de xícaras de café illy por dia, em cafeterias, restaurantes, hotéis, escritórios e residências de mais de 140 países. Precursora do espresso, a illycaffè é considerada líder em ciência e tecnologia do café graças a três radicais inovações. Ao promover o primeiro Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, no Brasil em 1991, também foi pioneira na compra direta dos fornecedores, compartilhando know-how e pagando preços acima do mercado para quem atinge seus padrões de qualidade, em parcerias sustentadas pelos princípios do desenvolvimento sustentável. Com o objetivo de difundir a cultura do café, fundou a Università del Caffè, um centro educacional de excelência que oferece treinamento teórico e prático em todos os aspectos do café para cafeicultores, baristas, equipes de lojas de café e amantes da bebida. Tudo que é “made in illy” é realçado pela beleza e a arte, representando os valores fundamentais da marca, a começar pelo seu logo, como são as mais de 100 xícaras da renomada illy Art Collection, desenhadas por artistas internacionais. A illycaffè empregava 1.294 pessoas globalmente em 2018, quando registrou receitas consolidadas de 483 milhões de euros.

Fonte: ADS Comunicação Corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *