Encontro de Produtores de Café reúne membros da cadeia produtiva em Guaxupé (MG)

Imprimir

O Encontro de Produtores de Café aconteceu na sede da Associação de Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana. Participaram do Encontro o presidente da Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupé, Carlos Alberto Paulino da Costa, o deputado federal Emidinho Madeira (PSB), vereadores, prefeitos, líderes de associações da classe, como a BSCA e Sincal; e cafeicultores de todo o estado.

Segundo o presidente do Conselho do Café da Amog, Fernando Barbosa, o objetivo principal elaborar documento com reivindicações a ser entregue à Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina. “A ideia é formatar um alinhamento com a ministra, devido aos custos alto de produção e os preços baixos e no futuro a produção tende a aumentar. Com isso, se não tivermos medidas eficazes no momento, a gente poderá ficar refém ao mercado. A primeira proposta é incentivar o consumo tanto o mercado interno, quanto externo. Tem uma parte do documento sobre o subsídio. Precisamos de subsídio para a cafeicultura para competir com o mercado externo. Se tivermos subsídio para maquinários e insumos, teremos uma competição mais igualada”, ressalta Barbosa. Durante o encontro aconteceu apresentação sobre os leilões eletrônicos de cafés especiais pela Bolsa Brasileira de Mercadorias.

O encontro também contou com palestras sobre “inovação tecnológica na produção de café”, com a representante do Agro Mulher, Vanessa Sabioni. “Hoje eu vim aqui para trazer informação sobre a importância que a mulher tem na transferência de tecnológica no agronegócio. Nós sabemos hoje 30% das propriedades rurais são administradas por mulheres. Então a mulher está contribuindo ativamente da cadeia do agro”, afirma a palestrante.

Cafeicultura em Brasília

O deputado federal Emidinho Madeira (PSB), esteve presente no encontro e falou sobre a atuação dele para defender a cafeicultura em Brasília (DF). O deputado integra a bancada da pecuária e articula a organização da frente parlamentar da Cafeicultura. Entre as ações, o político irá solicitar do governo federal explicação sobre como e onde a União gasta recursos com as entidades da cafeicultura.

“O deputado Emidinho é cafeicultor e ele vive as dificuldades. Ele estando atento lá ( em Brasília) pode trazer normativas, pode estar reivindicando, levantar proposta, e até mesmo agendar uma reunião para levar as nossas informações ao ministério”, pondera Fernando Barbosa.

Fonte: Portal da Cidade Guaxupé (Com fotos de Luiz Brigagão e Carol Negrão) e vídeo da TV Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *