Emater e Sindicato realizam visita técnica em lavouras de café

Imprimir

No início do mês, foi realizado em Iracema do Oeste a Oficina em Cafeicultura, evento com o objetivo de proporcionar o intercâmbio, troca de experiências entre produtores da cultura cafeeira, visitar experiências exitosas em propriedades exploradas com a cadeia produtiva do café no município vizinho de Jesuítas.

No encontro os participantes conheceram propriedades de produtores jesuitenses, visitaram as instalações do viveiro municipal , principal fornecedor de mudas de café para os agricultores de Iracema, foram orientados sobre técnicas para aumentar a produtividade, reduzir custos com insumos e defensivos, além disso aprenderam novas técnicas de manejo e para minimizar os riscos climáticos e melhorar a qualidade do café produzido.

O evento foi realizado pela Emater em parceria com o Sindicato dos trabalhadores Rurais, contou com a colaboração da Emater de Jesuítas. A reunião contou também com a colaboração da Fetaep que disponibilizou os recursos para o almoço que oferecido aos participantes.

O município de Iracema do Oeste possui uma área agricultável de 7.807 ha (realidade municipal) dos quais 298 ha são destinados a cultura do café (Coffea Arábica), o que contribui para o desenvolvimento econômico, social e para a fixação dos agricultores na propriedade rural. A cultura do café é explorada quase totalmente por agricultores familiares, dentre eles 43% desenvolvem a exploração por meio de parcerias.

Apesar do declínio causado pela estiagem que prejudicou as lavouras a Organização Internacional do Café (OIC) espera que a colheita do Brasil neste ano fique dentro das necessidades globais não deixando o mercado com excesso de oferta, estimando que o país deve produzir pouco mais de 50 milhões de sacas de 60 kg na temporada 2012/2013.

Fonte: Jornal Integração

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *