Dólar sobe no primeiro pregão do mês e fecha a R$ 1,708

Imprimir

Depois de dois dias de baixa no fim de outubro, o dólar comercial começou novembro ganhando do real. A moeda chegou a perder a linha de R$ 1,70 no começo dos negócios, mas encerra o pregão com alta de 0,29%, a R$ 1,708 na venda. O giro estimado para o interbancário ficou em US$ 1 bilhão.

Na roda de "pronto", da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BMF) o dólar avançou 0,33%, a R$ 1,7086. O volume subiu de US$ 173,25 milhões, para US$ 209,75 milhões.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BMF), o dólar para dezembro apontava alta de 0,26%, a R$ 1,717, antes do ajuste final de posições.

A formação de preço parece ter acompanhado o câmbio externo, onde o euro e outras moedas perderam valor ante a divisa americana. A moeda comum europeia perdia 0,6%, negociada na linha de US$ 1,38.

Deixado de lado o intradia, o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues, avalia uma mudança de postura dos agentes com relação ao dólar por fatores externos e domésticos.

Pelo lado internacional, os investidores reavaliam as perspectivas sobre o plano de ajuda que deve ser anunciado pelo Federal Reserve (Fed), banco central americano, após sua reunião de quarta-feira. Quanto menos dinheiro o Fed injetar na economia via compra de títulos, menor a expectativa de queda adicional no preço da moeda americana.

Por aqui, diz Rodrigues, alguns pontos estimulam uma revisão de posição dos vendidos (aqueles que ganham com a queda do dólar). Entres eles está o calendário, conforme os bancos começam a ajustar carteiras antes de consolidar resultados anuais, principalmente os estrangeiros.

Fora isso, ainda há incerteza sobre novas medidas da Fazenda na área cambial e ainda não se sabe quem é quem no governo de Dilma Rousseff.

Considerando esses eventos, Rodrigues vê uma curva diferente para o preço dólar. Um mês atrás a moeda se aproximava de R$ 1,60. Agora, começa a ficar mais próxima de R$ 1,75.

Fonte: Valor Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *