Dólar e cotações externas impulsionam preços do arábica no BR

Imprimir
Após a forte queda em janeiro e no início de fevereiro, os preços do café arábica voltaram a subir nos últimos dias, de acordo com pesquisas do Cepea.

Do dia 3 até 18 deste mês, o Indicador CEPEA/ESALQ do café tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista aumentou 7,5%, fechando a R$ 488,00/saca de 60 kg nessa terça-feira.

A forte elevação está atrelada aos novos avanços do dólar frente ao Real e às cotações externas do grão.

Quanto à liquidez no mercado físico do arábica, apesar da alta, os negócios seguiram em ritmo mais calmo que o registrado entre novembro e dezembro de 2019.

Pesquisas do Cepea apontam que os preços do robusta também avançaram nas últimas semanas, ainda que de forma menos expressiva que os do arábica.

Do dia 3 até o 18 deste mês, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima, avançou 3,4%, a R$ 309,80/saca de 60 kg nessa terça-feira.

As cotações foram impulsionadas pelos avanços no cenário externo – os futuros refletiram fatores técnicos e preocupações quanto ao clima mais seco no Vietnã –, especialmente pela valorização do dólar.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *