Derivados do Café: Participantes de Brasópolis (MG) se surpreendem com versatilidade do grão em outras receitas

Imprimir
Moradores das comunidades rurais de Can Can e Frei Orestes, em Brasópolis (MG), participaram do curso de Produtos Derivados do Café com a instrutora Aline Pereira Martins. Os treinamentos foram promovidos pelo Sistema Faemg/Senar Minas e organizados pelo mobilizador Paulo César de Faria, do Sindicato dos Produtores Rurais do município.

No curso as turmas aprenderam a produzir quitandas doces e salgadas a base de café. “Aprendi muitas coisas boas, das quais jamais imaginei que se faria com o café. Tudo maravilhoso e delicioso. Agradeço ao mobilizador e a instrutora pela oportunidade de aprender mais. Já comecei a fazer encomendas de rosquinhas e bolo de café”, conta a aluna Antônia Júlia do Amaral, do bairro Can Can.

O treinamento envolve aulas práticas e teóricas. O grupo produziu tortas, balas e mousses, entre outros quitutes. “Eu achei muito interessante o curso de café; foi muito proveitoso. Eu recomendo as pessoas que tiveram interesse a fazer também”, disse a aluna Alexandra Fernandes dos Santos.

Para Fayra Moreira Genari, o curso e as aulas foram excelentes: “aprendi que podemos utilizar o café de várias maneiras para fazer muitas receitas saborosas. Estou satisfeita de ter participado. Deixo aqui meu agradecimento por nos ter dado essa oportunidade de aprender mais”.

Os elogios e resultados não param por aqui. Gabrieli Fernanda dos Santos Monfredini, do bairro Frei Orestes, também fez o curso. Ela agradeceu tudo que viu no treinamento. “Foi umas das experiências mais extraordinárias que já fiz. O curso é passado com amor e muita dedicação, com toda certeza pretendo praticar os ensinamentos”.

A também aluna Letícia Júlia Gonçalves aproveitou cada momento e aprendeu muita coisa nova. “Esse curso é maravilhoso. Foi bom demais. Ficamos muito felizes por ter nos dados essa oportunidade; uma experiência incrível. Agradeço ao Paulo e a Aline por ter nos ajudado tanto e pela motivação. Com certeza irei praticar essas delícias”.

Jackline Lozi Rodrigues Serpa diz que o curso foi sensacional. Ela conta que aprendeu diversas técnicas de produção, higienização e de armazenamento, da principal fonte econômica do estado, que é o café. O grupo teve aula de história do café, das variedades, nutrientes, qualidades e formas de manuseios. “Esse curso mudou meu conceito de um bom café. Irei colocar em prática o que eu aprendi e pretendo comercializar meus doces da terra, com uma linha de doces de leite com café, balas artesanais e suspiros. E, futuramente criar receitas com toda a base que tive. Parabéns ao Sindicato dos Produtores Rurais de Brasópolis e ao Senar que proporcionaram sonhos a muitas pessoas”.

“Agradeço ao Paulo por trazer o treinamento do Senar para nós. Eu amei esses três dias de cursos. Que venham mais e mais curso. Já estou praticando meu aprendizado”, relata a participante Flávia Renata de Souza.

Fonte: Ascom Senar MG – Regional Lavras (Por Lisa Fávaro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *