Delegação da Etiópia visita Coocafé

Imprimir

O 8º Espaço Café Brasil, realizado em Belo Horizonte, entre os dias 9 e 13 de setembro, recebeu autoridades de todas as partes do mundo. E algumas destas delegações demonstraram interesse em conhecer as características da cafeicultura brasileira. E foi assim que a comitiva da Etiópia, formada por delegados da OIC (Organização Internacional do Café) chegaram até a Coocafé.

A delegação estava na região nos dias 10 e 11 de setembro. Eles foram recepcionados por diretores, superintendentes e conselheiros administrativo da Coocafé. No primeiro dia, foi oferecido um jantar, realizado no Espaço Credicaf. Já no dia 11, logo pela manhã, a comitiva visitou as dependências do Armazém Coocafé Areado, em Lajinha, onde conheceram toda a estrutura de armazenamento, processamento e degustação de café. Todos acompanharam ainda uma apresentação institucional da Coocafé. À tarde, eles visitaram duas propriedades e conheceram a realidade brasileira, sobretudo a cafeicultura de montanhas. Muitas dúvidas foram esclarecidas, com explicações do engenheiro agrônomo e diretor de produção e comercialização da Coocafé, Pedro Araújo.

Durante o encerramento da missão, na propriedade do conselheiro administrativo da Coocafé, Róger Lucio, foram feitos alguns pronunciamentos. O diretor administrativo Coocafé, João Noronha, agradeceu aos visitantes e falou sobre o quão é importante o trabalho que a cooperativa vem desenvolvendo. Yaekob Yalla, ministro do comércio da Etiópia, ressaltou a satisfação de todos, em poder conhecer um pouco mais do Brasil, principalmente por questões ligadas à cafeicultura, uma vez que o país onde foi descoberto o café (Etiópia) valoriza muito tudo que é relacionado a esta cultura, que tem o dom de unir pessoas. Ele falou ainda que eles têm o costume de visitar várias regiões e cooperativas do mundo, e o que viram na região é de grande destaque.

Além de representantes do ministério, também estiveram presentes membros da embaixada da Etiópia no Brasil, de cooperativas, de empresas comercializadoras e produtores rurais. Ao todo, foram cerca de 10 pessoas. E esta visita foi uma indicação da FAEMG.

Fonte: Assessoria de Comunicação Coocafé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *