Da porteira para dentro, R$ 205 bi

Imprimir

O governo voltou a reajustar para cima sua estimativa para o valor bruto da produção agrícola (VBP) em 2011. Agora, a previsão é de que o faturamento ("da porteira para dentro") das 20 principais culturas atinja R$ 205 bilhões, um aumento de 12,1% em relação ao ano passado. Se confirmado, este será o maior valor da série histórica, iniciada em 1997.

A última estimativa, elaborada pela Assessoria de Gestão Estratégica (AGE) do Ministério da Agricultura, está 2% acima da divulgada em setembro e supera em 9,6% a projeção inicial, de R$ 187 bilhões.

Soja, cana-de-açúcar, milho, café e laranja devem representar 72% de toda a renda gerada dentro das fazendas, enquanto as 15 culturas de menor expressão ficam com apenas 18%. A soja continua a concentrar a maior parte da renda, cerca de R$ 53,8 bilhões, seguida pela cana (R$ 34,4 bilhões) e o milho (R$ 23,9 bilhões).

A renda do café é a que mais deve crescer entre as culturas de maior expressão, 37,1%, a R$ 22,3 bilhões. Assim, a fatia da cafeicultura no VBP total sobe de 8,9%, em 2010, para 10,9% neste ano.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *