Cotações seguem em recuperação, afirma Cepea

Imprimir

Os preços internos dos cafés arábica e robusta avançaram em dezembro e continuam sinalizando certa recuperação em janeiro. Para o arábica, após cinco meses de quedas consecutivas, as cotações foram impulsionadas pelo aumento nos preços externos da variedade.

Segundo pesquisadores do Cepea, essa alta, por sua vez, esteve atrelada ora à expectativa de maior demanda pelo arábica, devido aos elevados valores do robusta, ora a especulações com relação às ofertas nacional e global de café. A média do Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, foi de R$ 272,09/saca de 60 kg em dezembro, 9,8% superior ao de novembro.

Em janeiro, a alta acumulada deste Indicador é de 4,14%. Quanto ao robusta, pesquisadores do Cepea indicam que a forte retração de vendedores e a demanda por parte de agentes com maior necessidade de aquisição influenciaram os aumentos.

O Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima teve média de R$ 223,11/saca de 60 kg em dezembro, aumento de 12,2% em relação a novembro. Em janeiro, a elevação é de 3,56%.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *