Cotações internas do café devem ter alta de 6,4% no 2º trimestre

Imprimir

Para o ano de 2012 fechado, a perspectiva é de que as cotações recuem 8,0% ante 2011, dado que a produção brasileira entra em um período de bianualidade positiva, o que deverá aumentar o volume na colheita.

Os preços domésticos e internacionais do café sofreram fortes quedas na margem no 1º trimestre de 2012, diferente do que ocorreu no mesmo período de 2011, quando avançaram expressivamente devido à expectativa de uma oferta apertada.

Mesmo que os estoques de café de alta qualidade continuem baixos, o temor quanto a uma safra apertada deu lugar a especulações de oferta abundante, principalmente por conta das primeiras estimativas da safra 2012/13 brasileira.

Fonte: MP Consultores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *