Cooxupé vai investir mais R$ 20 milhões em armazenagem de café

Imprimir

A Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, com sede em Guaxupé, Sul de Minas Gerais, pretende investir mais R$ 20 milhões em silos, sete deles em Monte Carmelo e 10 em Guaxupé. Juntas, as novas unidades vão ampliar a capacidade de armazenagem da cooperativa em 830 mil sacas do grão e devem ficar prontas até o fim deste ano, segundo Carlos Alberto Paulino da Costa, presidente da Cooxupé.

Em novembro de 2012, a cooperativa inaugurou a segunda fase do Complexo Japy — área para armazenar o café preparado pronto para embarque. O centro tem 60 silos com capacidade total de 180 mil sacas de café.

O complexo todo, que inclui, além deste centro do produto “preparado”, três armazéns para bag (1.200 quilos cada bag), 20 silos para armazenagem a granel em Guaxupé, inaugurados em 2011, teve investimentos totais de cerca de R$ 70 milhões, o mais alto da história da cooperativa em armazenagem, de acordo com Paulino da Costa. A capacidade de armazenagem do Complexo Japy é de 1,68 milhão de sacas.

Somados aos armazéns convencionais, a capacidade total de armazenagem da Cooxupé hoje é de quase 5 milhões de sacas (4,81 milhões) ante 4,6 milhões de sacas antes dos últimos investimentos.

Os produtores que não quiserem vender o café para a cooperativa pagam R$ 0,50 por saca estocada ao mês pela cooperativa.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *