Cooxupé registrará queda de 35% na oferta da safra 2011/12

Imprimir

A Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, registrará uma queda de 35% na oferta da safra 2011/12 em sua área de atuação, que engloba o sul de Minas, Triângulo Mineiro e norte de São Paulo. A expectativa é que a produção fique próxima de 6 milhões de sacas ante as 9,3 milhões colhidas na safra 2010/11. Conforme a Reuters, Carlos Paulino, presidente da cooperativa, espera que a colheita tenha início em cinco meses, mas sob a influência dos efeitos da estiagem em 2010 e também do ciclo bienal da cultura, que em 2011/12 será de baixa.

Safra da Cooxupé

"É um problema fisiológico do café arábica. Todos os cafezais que produzem muito num ano, no outro produzem pouco. Isso é histórico no Brasil, ocorre há mais de 100 anos", disse Paulino, da Cooxupé. O presidente da cooperativa considera ainda que a região do sul de Minas será mais prejudicado pela queda da produção do que o cerrado mineiro. A expectativa é que a redução da oferta do cerrado será de 25%, por conta das características diferenciadas da região. Segundo a Conab, no ciclo 2010/11 a produção nacional foi de 48,1 milhões de sacas.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *