Cooxupé: alta de insumos será compensada pela maior produção de café

Imprimir

Ainda que a valorização do dólar em relação ao real eleve os custos dos insumos utilizados na cafeicultura, Carlos Alberto Paulino, presidente da mineira Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, acredita que os reajustes deverão ser diluídos em decorrência da maior produção do grão na safra 2012/13.

Para o próximo ano, quando a produção deverá ser menor em função da bienalidade da cultura, Paulino afirma que os custos poderão ser maiores e aconselha os produtores a fazerem uma "reserva" este ano.

A cooperativa, com sede no sul de Minas Gerais, deve receber este ano 5,5 milhões de sacas, ante 4,1 milhões em 2011/12. A Cooxupé conta com cerca de 10 mil cafeicultores associados.

A colheita do ciclo 2012/13, que começou a ganhar ritmo nesta semana na região de Guaxupé, sede da Cooxupé, não foi muito prejudicada pelas chuvas das últimas semanas, segundo Paulino.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *