Consumo de cafés especiais avança na Bahia

Imprimir

Allegro investe no segmento de café gourmet orgânico

Apesar do momento difícil da cafeicultura, há um nicho de mercado que está caminhando na direção oposta: o de cafés especiais e gourmets.

O consumo desse café cresce, no mundo, 15% ao ano, enquanto o tipo comum tem aumentado 1,5%. No Brasil, das 20 milhões de sacas de café consumidas, 1,5 milhão já são especiais ou gourmet.

Produtores desses cafés conseguem remunerações que chegam a R$ 600.

"O cafeicultor tem investido muito nisso. Mas para que isso se consolide demora, depende da mudança de cultura", diz Breno Mesquita.

A expansão de cafés pelos centros urbanos e das vendas de monodoses para máquinas de uso caseiro são os responsáveis pelo bom momento desse mercado.

Fonte: Portal A Tarde via Rede Social do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *