Confira os vencedores do 15º Concurso de Qualidade do Café do Estado de São Paulo

Imprimir
A maior nota da 15ª edição do Concurso de Qualidade do Café do Estado de São Paulo, que está sendo realizada na Associação Comercial de Santos (ACS), ficou com São Sebastião da Grama. Clayton Mapelli Cerri, da Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama, Sítio Anhumas, conquistou 9,08 pontos na categoria de preparo “Microlotes” e ficou no topo da lista. O resultado foi divulgado na manhã desta terça-feira (1).

Já na categoria de preparo “Cereja Descascado e Despolpado”, Homero Teixeira de Macedo Jr, da Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama, Fazenda Recreio, também de São Sebastião da Grama, ficou em primeiro lugar e levou 8,97 pontos (segundo lugar da listagem geral).

Com a mesma pontuação, Adonis Cerri, da Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama, Fazenda da Mata, São Sebastião da Grama, venceu na categoria “Natural” (e empatou na listagem geral com o vencedor da categoria Cereja).

Para o presidente da ACS, Roberto Clemente Santini, a realização do 15º Concurso de Qualidade do café do Estado de São Paulo na Associação Comercial de Santos confirma a tradição e a credibilidade da Instituição.

“O café é parte da história da ACS. A cada ano, seja na produção, exportação ou em concursos desse nível, o Brasil confirma sua liderança mundial no setor. Parabéns aos participantes. Na prática, todos são vencedores.”

As avaliações e testes do concurso foram realizados pelos jurados na última quinta-feira (27) na sala de Classificação e Degustação de Café da ACS ao longo de todo o dia. Este ano, do total de 60 inscritos, 33 concorreram na categoria de preparo “Natural”, 17 em “Cereja Descascado e Despolpado” e 10 na “Microlotes”.

A comissão julgadora desta edição foi composta por: Aloísio Aparecido Lusvaldi Barca – ABIC; Camila Arcanjo – SINDICAFE; Clovis Venâncio de Jesus – CECAFE; José Almeida Ferreira – ACS; e Laricia Domingues – ITAL.

Agora, com a divulgação dos 10 finalistas, o concurso passa para a fase de leilão desses lotes. De 3 a 9 deste mês podem ser enviados os lances para o e-mail camarasetorial@sindicafesp.com.br. Dessa maneira, os produtores têm a chance de vender esses cafés por valores acima dos de mercado.

Em 18 novembro, no Museu do Café, em Santos, será feita a premiação dos produtores e das empresas campeãs – as que deram maiores lances no leilão.

O último evento do calendário deste ano será em 16 de dezembro, com o lançamento da 14.ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo, na capital, da qual participam marcas elaboradas com os grãos que foram adquiridos no leilão pelas indústrias.

Em embalagens sofisticadas de 250 gramas e identificadas com selo numerado, esses cafés poderão ser adquiridos pelos consumidores em lojas gourmets ou nos sites das indústrias participantes que trabalham com e-commerce.

Participam desta edição do concurso as cooperativas AMSC – Alta Mogiana Specialty Coffees; APSL – Associação dos Produtores de Cafés Especiais de Santa Luzia; Associação Agropecuária de Barra Grande de Caconde; Associação dos Cafeicultores de Montanha Divinolândia; Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama; Associação dos Produtores Rurais de Dois Córregos; COOPINHAL – Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Pinhal; COPERJAU – Cooperativa Agrícola da Zona de Jahu; Sindicato Rural de Amparo; Sindicato Rural de Torrinha.

Confira os 10 finalistas

Categoria Microlotes
1- Clayton Mapelli Cerri – Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama
Sítio Anhumas – São Sebastião da Grama
Nota: 9,08

2- Juliana Aparecida Alvarez de Campos – Associação Agropecuária Barra Grande de Caconde
Sítio Novo – Caconde
Nota: 8,81

Categoria Cereja Descascado e Despolpado
1- Homero Teixeira de Macedo Jr. – Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama
Fazenda Recreio – São Sebastião da Grama
Nota: 8,97

2- Lucia Maria da Silva Dias – Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama
Fazenda Santa Alina – São Sebastião da Grama
Nota: 8,96

3- Laura Luiza Del Guerra Vergueiro – Cooopinhal-Cooperativa de Cafeicultores da Região de Pinhal
Fazenda Nova União – Espírito Santo do Pinhal
Nota: 8,93

4- Diogo Dias de Teixeira Macedo – Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama Fazenda Irarema – São Sebastião da Grama
Nota: 8,45

Categoria Natural
1- Adonis Cerri – Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama
Fazenda da Mata – São Sebastião da Grama
Nota: 8,97

2- Sebastião Cerri -Associação dos Cafeicultores do Vale da Grama
Sítio Alvorada da Serra – São Sebastião da Grama
Nota: 8,87

3- Antonio Ragazzo – Associação dos Produtores Cafés Especiais de Santa Luzia
Sítio São Carlos – Espírito Santo do Pinhal
Nota: 8,81

4- Sérgio Luis Riccetto – Associação de Cafeicultores de Montanha de Divinolândia
Sítio Pinhalzinho – Divinolandia
Nota: 8,73

Fonte: Assessoria de Imprensa da Associação Comercial de Santos (Por Amanda Barbieri)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *