Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café em RO abre inscrições a partir do dia 10 de abril

Imprimir
Lançado oficialmente no dia 20 deste mês, no auditório da governadoria do Palácio Rio Madeira, em Porto Velho (RO), o 2º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café está gerando expectativa entre os produtores rurais. O regulamento já está disponível no portal da Emater-RO, e as inscrições começam a ser recebida a partir do dia 10 de abril. Serão R$ 25 mil em prêmio distribuídos entre os três primeiros colocados na categoria qualidade da bebida e um em produção com sustentabilidade.

Destaque nacional entre os cinco maiores estados produtores de café, Rondônia vem buscando a excelência na produção de grãos e na qualidade da bebida extraída. Essa conquista é o resultado de um trabalho dedicado dos cafeicultores rondonienses, mas também do empenho dos extensionistas que têm se aprimorado para levar o que há de mais moderno e eficiente ao campo.

Um treinamento avançado do currículo de sustentabilidade do café foi realizado recentemente, com o objetivo de atualizar os técnicos sobre a tendência mundial para a produção da cultura. O treinamento trouxe experiências inovadoras para quem quer produzir um café de altíssima qualidade que estão sendo agora, repassadas aos cafeicultores de Rondônia.

O CONCURSO
O Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé) tem por objetivo incentivar uma melhor produção de café no Estado. O primeiro concurso, realizado no ano passado, superou as expectativas dos organizadores apresentando um café de qualidade elevada e certificada por especialistas. Com o número de adesão à técnica da sustentabilidade aumentando, para este ano, espera-se uma maior participação dos cafeicultores.

Iniciativa do Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria do Estado de Agricultura e executado pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), o evento será realizado em parceria com a Câmara Setorial do Café do Estado de Rondônia, Embrapa, Idaron e Sebrae, além de empresas de renome e reconhecimento nacional que atuam no segmento do café.

Os interessados em participar do 2º Concafé poderão realizar suas inscrições no período de 10 de abril a 14 de julho de 2017, em todas as unidades locais das Emater-RO. O regulamento já se encontra disponível no portal da Emater-RO e pode ser consultado on-line (clique aqui)

OS PARTICIPANTES
Poderão participar do 2º Concafé cafeicultores do estado de Rondônia com lotes de café canéfora produzidos por eles no ano de 2017. A inscrição é isenta de taxa ou qualquer ônus, mas o participante deverá efetivar sua inscrição apresentando documentação pessoal e da propriedade.

Junto com a inscrição o produtor deverá entregar uma amostra representativa do lote participante, com o volume de três litros de café pilado acondicionada em saco de plástico transparente. Um item que não pode ser esquecido é que o participante deverá manter disponível, em sua propriedade, um lote contendo no mínimo cinco sacas de 60 kg de café canéfora pilado, oriunda da coleta da amostra representativa. O não cumprimento deste item poderá desclassificar o participante.

As análises físicas das amostras serão realizadas pelo laboratório do Idaron no período 1 a 31 de agosto. Lá serão selecionados os 30 produtores finalistas do concurso, estes deverão ser submetidos à auditoria por membros da comissão organizadora, que coletarão uma nova amostra do lote do café participante para comprovação da veracidade.

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE E SUSTENTABILIDADE
Vencidas as etapas iniciais, as 30 amostras que apresentarem a melhores pontuações na classificação física serão submetidas à análise de qualidade de bebida. Essa análise será realizada por três profissionais com formação específica (Q-Grader) e com experiência em degustação de café canéfora que atribuirão notas aos atributos de sabor do café: fragrância/aroma; sabor; retrogosto; relação salinidade/acidez; relação amargor/doçura; sensação na boca; equilíbrio; uniformidade; limpeza e conjunto;

A avaliação de sustentabilidade será realizada com todos os participantes mediante aplicação de um questionário contendo os fundamentos básicos extraídos do Currículo de Sustentabilidade do Café. As 10 propriedades que apresentarem as Melhores pontuações passarão pelo crivo da Comissão Organizadora para constatação e validação das informações.

Serão considerados vencedores do 2º Concafé os três produtores que apresentarem as maiores pontuações referente à qualidade de bebida e o de maior pontuação em sustentabilidade.

PREMIAÇÃO
Os vencedores do 2º Concafé receberão juntos, 25 mil reais em prêmios, assim distribuídos: 1º colocado, R$ 12.000,00 em prêmios; 2º colocado R$ 5.000,00 em prêmios, 3º colocado, R$ 3.000,00 e sustentabilidade, R$ 5.000,00. Cada um deles receberá também, um troféu de participação indicando sua classificação.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia (Com texto de Wania Ressutti e foto de Irene Mendes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *