Concurso Campeões Expocaccer 2019 encerra recebimento de amostras com recorde

Imprimir
amostras_campeoes_expocaccer (004)Sucesso na quantidade e na qualidade! Assim resume-se o fechamento do balanço dos cafés especiais que concorrerão ao prêmio do Concurso Campeões Expocaccer 2019, que esse ano recebeu 204 amostras, superando a edição passada.

Quando o assunto é qualidade, os cafés dos produtores da Região do Cerrado Mineiro já são conhecidos, inclusive mundialmente, seja pelo seu terroir, seja pelas características marcantes ou ainda por sua Denominação de Origem, que torna seus atributos únicos no Brasil.

E é apostando no alto padrão de qualidade que a trader da Expocaccer – Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado, Sandra Moraes, comemora as 204 amostras recebidas: “Apesar de ser um ano desafiador, devido à bienalidade, temos que destacar o intenso empenho dos nossos cooperados em garantir uma produção de alta qualidade. A quantidade de cafés especiais enviada à Expocaccer comprova isso.”

Seguindo as etapas previstas, os cafés passarão por uma criteriosa avaliação sensorial com Q-Graders renomados nacionalmente e internacionalmente, que farão o ranqueamento das preciosidades recebidas.

Ao final do cupping a expectativa promete aumentar. O Leilão será realizado para apresentar e arrematar os 10 cafés melhores pontuados dentre os 40 finalistas, sendo cinco de cada categoria – Natural e Cereja Descascado.

Preservando o nome dos produtores, o Leilão acontecerá no mesmo dia do prêmio, 26 de setembro, às 14h, no auditório da Expocaccer, e contará com a presença de compradores, exportadores e importadores de cafés, além de representantes de importantes cafeterias e torrefações.

Os melhores cafés da safra 2019/2020 só serão anunciados na Noite dos Campeões, em evento exclusivo para convidados.

O Concurso Campeões Expocaccer está em sua terceira edição e a cada ano promove os microlotes de cafés especiais, incentivando a produção de qualidade dos seus cooperados.

“É uma forma de reconhecimento dos trabalhos desenvolvidos pelo cafeicultor, além de valorizar o compromisso e os preços dos cafés dos cooperados, pois durante o Leilão a Expocaccer garante um preço mínimo, mas geralmente os cafés alcançam preços melhores do que é garantido. Com o concurso, a cooperativa incentiva nós cafeicultores e o Cerrado Mineiro como um todo a melhorar cada vez mais o processo de produção.” Afirma Francisco Guimarães, ganhador do primeiro lugar no ano passado, na categoria Cereja Descascado.

Os cafés classificados em primeiro lugar de cada categoria terão divulgação e comercialização dos lotes na Edição do Produtor da Cafeteria Dulcerrado.

Fonte: Ascom Expocaccer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *