Conab negocia 86,15% dos contratos de opção de venda de café

Imprimir

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) negociou 86,15% dos 10 mil contratos de opção de venda de café, em leilão realizado nesta sexta-feira (20). Cada contrato refere-se a 100 sacas de café arábica (seis toneladas).

Foi o segundo leilão da série anunciada pelo governo em agosto. No total, serão três pregões, cujos contratos abrangerão 3 milhões de sacas de café de 60 quilos (kg), a R$ 343 cada e exercício da opção para março de 2014. O terceiro leilão está programado para o próximo dia 27.

De acordo com a Conab, na primeira comercialização, que ocorreu no último dia 13, foram arrematados 85,6% dos contratos. Minas Gerais e São Paulo negociaram todos os papéis disponíveis (7 mil e 1,4 mil, respectivamente). No Paraná, foram vendidos 80 dos 500 ofertados; na Bahia, 65 de 400; e no Espírito Santo, 20 de 700. Segundo a Superintendência de Operações da Conab (Suope), os títulos que não forem comercializados nas duas primeiras operações poderão ser ofertados no leilão final.

A companhia informou que o objetivo do governo federal com esses leilões de contrato de opção é apoiar a comercialização de café e garantir um preço futuro do produto, que está em queda nos mercados internacional e doméstico. Em maio, o governo federal elevou o preço mínimo da saca de 60 kg do café arábica de R$ 261,69 para R$ 307, mas o valor foi considerado insuficiente pelos cafeicultores.

A Conab informou ainda que o governo já disponibilizou R$ 5,8 bilhões para auxiliar a cafeicultura brasileira, sendo que R$ 1,05 bilhão desse valor são destinados à realização de leilões de contratos de operações de venda.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *