Conab calcula safra de café em 45,3 milhões de sacas

Imprimir

Produção de café deste ano foi afetada pelo clima desfavorável ao desenvolvimento das lavouras (Foto: Marcelo Min/Ed. Globo)

A produção nacional de café neste ano é calculada em 45,3 milhões de sacas de 60 quilos. A estimativa foi divulgada nesta segunda-feira pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O número representa uma revisão para cima em relação ao relatório divulgado em setembro. No entanto, são quase 4 milhões de sacas a menos que na safra passada.

De acordo com a Conab, a produção de café arábica teve queda de 15,6%, chegando a 32,3 milhões de sacas. Os estados com maior redução foram Minas Gerais (-18,1%) e Paraná (-66,1%). “As causas foram a forte estiagem verificada nos primeiros meses do ano, a inversão da bienalidade em algumas regiões, como na Zona da Mata mineira, e também as geadas que atingiram o estado do Paraná”, informou a Conab, em nota.

Já a produção de café robusta teve aumento de 20%, chegando a 13 milhões de sacas. Conforma a Conab, houve aumento na produtividade, renovação da cultura e clima favorável no Espírito Santo, principal estado produtor da variedade.

A área é calculada em 2,2 milhões de hectares, 2,6% a menos que na safra passada. Minas Gerais possui a maior área plantada, com 1,2 milhão de hectares. O predomínio é da espécie arábica, com 98,8% do estado e 53,2% da área cultivada no país. A segunda posição é do Espírito Santo, com 474,6 mil hectares. Do total, 283,1 mil são destinados ao conilon.

Fonte: Globo Rural Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *