Comexim apresenta “primeiras impressões” sobre a safra 2012/2013

Imprimir

A trading Comexim promoveu uma visita de campo entre os dias 16 e 20 de janeiro no sul de Minas Gerais para avaliar as condições das lavouras de café, faltando cerca de quatro meses para o início da colheita da safra 2012/13, que promete ser recorde no Brasil. A safra está estimada entre 48 ,97 a 52,27 milhões de sacas de 60 quilos pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab).

Segundo relatório de John Wolthers, trader da Comeximg, a viagem se estendeu por 1.400 quilômetros, entre municípios de São Paulo,  Águas de Lindoia, Ouro Fino, Jacutinga, Pinhal, Poços de Caldas, Botelhos, Cabo Verde, Muzambinho, Guaxupé, Monte Belo, Alfenas, Varginha e Três Corações, e o retorno para Santos.

Conforme Wolthers, ao longo dos anos, os investimentos efetuados por empresas privadas e cooperativas locais têm sido impressionantes, fazendo a capacidade de armazenagem potencial chegar a 12 milhões de sacas de 60 quilos.

As duas semanas que antecederam a viagem foram marcadas por fortes chuvas, especialmente no norte de Minas Gerais, o que gerou certa preocupação sobre a segurança das rodovias e estradas. Felizmente, relata Wolthers, o clima melhorou e a visita foi favorecida por um céu geralmente nublado, com períodos de garoa e também de sol.

Devido aos altos preços do último ano e meio, com os investimentos efetivados por produtores, a expectativa para uma grande safra é muito intensa, frisa Wolthers. Mas, por causa de uma longa estiagem, que se prolongou até o final de setembro do ano passado, houve perda de potencial na região.

Basicamente, há muito pouca irrigação na região, devido ao terreno montanhoso, exceto nas áreas ao redor da barragem de Furnas. Mesmo assim, na maior parte das fazendas, a produtividade deverá ser muito boa, observa Wolthers. “De uma forma geral, conforme nossa avaliação, essa região  enfrentará uma perda relativa de 20% em relação ao potencial máximo esperado”, destaca o trader.

Wolhers comentou ainda que não puderam ser visitadas regiões que estão com potencial de produtividade muito elevados para a safra 2012, como o cerrado de Minas Gerais e as regiões produtoras de conillon do Espírito Santo. A Comexim ainda está compilando dados para sua estimativa de produção da safra 2012/12, assim como relatório de estoques de passagem de 2011/12, que deverão ser divulgados em cerca de 10 dias.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *