Começa a Expocafé 2010

Imprimir

A maior feira nacional de transferência de tecnologia e de extensão do agronegócio café, a EXPOCAFÉ, passou a ser, oficialmente, responsabilidade da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) a partir deste ano. O evento é realizado anualmente em junho, em parceria com a Universidade Federal de Lavras (Ufla), a prefeitura de Três Pontas, a União Cooperativa Agropecuária Sul de Minas (Unicoop) e Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel), com a interveniência da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa).

Para a realização desta 13ª. edição da EXPOCAFÉ, que será realizada nos dias 16 a 18 de junho na Fazenda Experimental da EPAMIG em Três Pontas, foi elaborado pela EPAMIG um Plano de Trabalho em conjunto com os apoiadores da EXPOCAFÉ, que constitui um conjunto de ações, onde são descritos desde o cronograma das atividades até as receitas e despesas. A coordenação da EXPOCAFÉ está sendo feita por um Conselho Deliberativo, órgão superior de deliberação coletiva, composto por um conselheiro formalmente indicado por cada instituição participante do Acordo de Mútua Cooperação, assinado em 26 de fevereiro passado.

Durante do lançamento da EXPOCAFÉ, realizado no dia 27 de maio, o presidente da EPAMIG, Baldonedo Arthur Napoleão, destacou que a Empresa recebeu com honra, orgulho e responsabilidade a incumbência de dar sequência ao trabalho iniciado pela Universidade Federal de Lavras (Ufla), que coordenou a EXPOCAFÉ até o ano passado. "Estamos trabalhando intensamente para garantir que a EXPOCAFÉ continue tendo a importância que se sempre teve", disse. "Nosso sonho é trabalhar e dar nossa contribuição para que o café do Brasil não seja apenas a marca de um país produtor, mas que seja a marca da riqueza para o produtor e para toda a sociedade", destacou. Segundo Baldonedo, o investimento em eventos como a EXPOCAFÉ é uma forma de fortalecer o agronegócio café, que atualmente movimenta no mundo 90 bilhões de dólares por ano.

A 13ª. EXPOCAFÉ, que é aberta ao público, será realizada Fazenda Experimental da EPAMIG, rodovia MG 167, em Três Pontas, Sul de Minas Gerais. Para mais informações e agendamento de visitas por instituições de ensino o telefone é o (31) 3489.5078.

EXPOCAFÉ 2010

Segundo o coordenador da EXPOCAFÉ, Mairon Mesquita, a comercialização dos estandes e todos os contatos com o expositores foram feitos eletronicamente, pelo sistema e-commerce. Já o credenciamento pré-feira, foi realizado através do site da EXPOCAFÉ (http://www.expocafe.com.br/). O objetivo é agilizar a entrada do visitante. "Aquele que fez a inscrição através do site já terá, no evento, seu crachá pronto e poderá ingressar imediatamente na feira", informou. Todos os demais visitantes serão registrados na entrada e terão seus dados incluídos num cadastro que, ao final, traçará o perfil do visitante, fornecendo dados como origem, área de interesse, negócios, dentre outros.

Um dos pontos altos da EXPOCAFÉ 2010 será o lançamento de livro que reúne as informações geradas por pesquisadores da área de cafeicultura da EPAMIG. "Café arábica: do plantio à colheita", que será lançado durante a abertura da feira, no dia 16.

EXPOCAFÉ abre espaço para equinos e bovinos

A EXPOCAFÉ vai abrir, pela primeira vez, espaço para exposição de equinos, chancelada pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador. A exposição será realizada nos dias 17 e 18. "A exposição agrega valor à feira", afirma o presidente da Empresa, Baldonedo Arthur Napoleão, que diz que o evento atende a uma demanda regional e dos próprios cafeicultores, que também são criadores dos cavalos. Segundo ele, a EPAMIG tem interesse em iniciar pesquisas com equinos, outro fator que motiva a inclusão da exposição na programação da EXPOCAFÉ.

A exposição, organizada pelo Núcleo dos Criadores de Mangalarga Marchador do Sul de Minas, é etapa classificatória para a Exposição Nacional de 2011, que será realizada em Belo Horizonte. A expectativa dos organizadores é que 130 animais, de criadores de diferentes partes do Estado, participem do evento.

Dois árbitros julgarão marcha e morfologia em cinco campeonatos de fêmeas, cinco de machos garanhões, dois campeonatos de machos castrados, quatro de marcha picada e mais quatro de marcha batida. Também participarão da competição jovens animais no cabresto. Os vencedores ganharão troféus e pontos no ranking nacional. Os julgamentos serão realizados de 9h às 17h e são abertos ao público.

Com os bovinos, a exposição acontece pelo terceiro ano consecutivo. A EPAMIG expõe parte do gado leiteiro da Fazenda Experimental de Três Pontas, formado por F1 Gir/Holandês e reprodutores Gir. "Mostramos, assim, os produtos que são a vocação da fazenda e da região", observa o gerente da fazenda experimental, Ronaldo Nogueira, se referindo ao leite e ao café. Para ele, a exposição dos bovinos representa uma forma de incentivo para que o produtor saia da monocultura do café, que é a base da economia da regional. Produtores da região também vão expor gado Nelore Puro de Origem (PO), holandês e girolando.

Rodada de Negócios do Sebrae

O Sebrae Minas vai participar pelo quarto ano consecutivo da EXPOCAFÉ. O Sebrae participa junto com a Cooperativa Central e Agropecuarista do Estado de Minas Gerais (Coocamig) da qual fazem parte 15 cooperativas das regiões Sul, Triângulo e Zona da Mata. De acordo com o coordenador da Macrorregião Sul do Sebrae Minas, Juliano Cornélio, no ano passado participaram todas as cooperativas que integram o sistema. O Sebrae atua fazendo a identificação dos fornecedores que participam da rodada de negócios. Os principais produtos são: defensivos agrícolas, vacinas e adubo. Em 2009 o volume de negócios, segundo Juliano, chegou a R$61 milhões. Para este ano, a expectativa é de aumento de 10 a 20%. "Estamos muito otimistas com o novo cenário. Os negócios poderão chegar a R$ 70 milhões", disse o coordenador do Sebrae.

Simpósio
A abertura da EXPOCAFÉ aos visitantes terá início na quarta-feira, dia 16. Antes disso, porém, técnicos de vários segmentos da cafeicultura se reunirão na terça, dia 15, quando será realizado o Simpósio de Mecanização da Cafeicultura, que é coordenado pelo professor Fábio Moreira, da Ufla. "O Brasil tem a melhor tecnologia de mecanização da cafeicultura do mundo", disse o coordenador, justificando a escolha do tema. Segundo ele, o Simpósio já havia sido realizado no ano passado, dentro da Ufla, e será levado à EXPOCAFÉ devido ao sucesso alcançado. "Nosso objetivo é disseminar modelos de máquinas e, sobretudo, os processos envolvidos", afirmou. As inscrições para o Simpósio devem ser feitas com antecedência através do site http://www.expocafe.com.br/.

EPAMIG disponibiliza aos produtores duas clínicas de doenças e pragas do cafeeiro

Especialistas em pragas e doenças do cafeeiro estarão à disposição dos cafeicultores em duas clínicas que a EPAMIG manterá em funcionamento durante toda a EXPOCAFÉ. Nas clínicas, instaladas num espaço anexo ao estande da EPAMIG, os produtores poderão tirar dúvidas, fazer questionamentos e apresentar demandas de pesquisa. Para auxiliar no atendimento, os pesquisadores montarão infraestrutura com coleção de insetos, banners informativos, microscópios, lupas com monitores onde os insetos poderão ser observados vivos nas plantas, fotografias e vídeos.

O espaço também servirá para a apresentação de novos produtos menos tóxicos e menos agressivos para o controle de pragas. É o caso de alternativas ao Endosulfan, que é padrão nas recomendações para controle da broca do cafeeiro, porém é altamente tóxico, já tendo sido banido de vários países. Os pesquisadores da EPAMIG vão apresentar substitutos do produto como o rynaxypyr e cyazypyr, ainda em fase de testes, mas que têm demonstrado bons resultados no controle de pragas. Os produtores também poderão obter mais informações sobre formas de controle do bicho-mineiro e das cigarras, as principais pragas do cafeeiro. As clínicas da EPAMIG funcionarão de 8h às 17h, com intervalo no horário do almoço.

Concurso de Qualidade Cafés de Minas

Durante a EXPOCAFÉ 2010, a Emater-MG vai lançar o 7º Concurso de Qualidade Cafés de Minas. Entre as novidades da edição deste ano está o georreferenciamento de todas as amostras inscritas, o que vai proporcionar às propriedades participantes um diferencial a mais no mercado internacional.

Dia de campo virtual

Todo o conhecimento técnico apresentado na EXPOCAFÉ 2010 por pesquisadores, professores e especialistas poderá ser acessado pela internet através da comunidade "Manejo da lavoura cafeeira", da rede Peabirus, e da Revista Cafeicultura, contratada para realizar a cobertura virtual da EXPOCAFÉ. Juntos, os dois veículos realizam o "Dia de Campo Virtual", uma das novidades desta edição. O Peabirus também estará presente na EXPOCAFÉ, no estande da EPAMIG, onde se apresenta para os visitantes e cadastra pessoas interessadas em ingressar na rede. Os veículos podem ser acessados nos endereços http://www.revistacafeicultura.com.br/ e http://www.peabirus.com.br/redes/form/destaques?comunidade_id=218.

Fonte: Ascom EXPOCAFÉ 2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *