Começa a 17ª Expocafé em Três Pontas; evento vai até sexta-feira

Imprimir

Teve início na manhã de hoje (04), em Três Pontas, a Expocafé. O evento, que chega na 17ª edição e vai até sexta-feira (6), contou com abertura oficial do evento com a participação de várias pessoas envolvidas no agronegócio café, políticos e lideranças cafeeiras. O diretor-executivo da Organização Internacional do Café (OIC), o brasileiro Robério Silva, também compareceu à cerimônia. A presença do governador do Estado de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho estava confirmada até o início da tarde da terça-feira (03), porém sua vinda foi cancelada pela assessoria e apenas secretários de Estado prestigiaram a solenidade.

Os organizadores da Expocafé acreditam que cerca de 24 mil pessoas passem pelos três dias de evento e estimam que sejam realizados negócios na ordem de R$ 220 milhões. “O evento é direcionado aos representantes de diferentes elos da cadeia, vindo de diferentes partes do Brasil, além de países da América Latina, América do Norte e Europa”, afirma o presidente da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel),Francisco Miranda de Figueiredo Filho.

O evento já havia começado na terça-feira (03), com a realização do 5º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira. No encontro foram discutidos a implantação, manejo, planejamento e gestão da lavoura mecanizada.

A Expocafé é realizada desde 2005 na Fazenda Experimental da Epamig, que é referência em pesquisa de cafeicultura na região. No local é possível conhecer mais de 40 variedades de café resultantes do programa de melhoramento genético do cafeeiro, conduzido pela Empresa. Estão em pesquisa mais de 500 materiais genéticos, alguns já avaliados e adaptados para atender às necessidades específicas de produtores e regiões, e outros são linhagens ainda em estudo.

Os cafeicultores também poderão avaliar na prática o funcionamento de equipamentos durante Dinâmica de Máquinas, tradicionalmente realizada pela Epamig nas lavouras de café da Fazenda Experimental. Serão 15 estações de campo, sendo que em uma, pesquisadores da Empresa apresentarão uma cultivar de café adaptada ao clima e solo do estado e em outra mostrarão como deve ser feito o controle químico da broca-do-café.

A 17ª edição do evento tem a promoção da Café Editora – empresa especializada em eventos e conteúdo na área de café –, realização da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) e Governo de Minas, com o apoio da Universidade Federal de Lavras (UFLA) e da Prefeitura Municipal de Três Pontas. 

 

Texto e fotos: Luiz Valeriano / Ascom CCCMG com informações da Ascom Epamig

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *