Com produção recorde, preços de arábica e robusta caem em 2018, avalia Cepea

Imprimir
O ano de 2018 foi marcado pelos menores preços dos cafés arábica e robusta no mercado brasileiro.

A pressão veio da produção recorde das duas variedades na safra 2018/19 – que somou 61,7 milhões de sacas, segundo a Conab (dezembro/18) – e da consequente recuperação dos estoques globais do grão.

Além disso, as oscilações cambiais no segundo semestre de 2018 e as boas expectativas quanto à temporada 2019/20 também influenciaram os valores domésticos.

Com os preços enfraquecidos ao longo do ano, produtores de arábica e de robusta consultados pelo Cepea se mantiveram mais retraídos do mercado, mantendo a liquidez interna mais baixa.

Negócios foram fechados especialmente em períodos de alta dos preços internacionais ou do dólar, com destaque para o mês de outubro.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *