Colômbia: valorização da moeda e preços externos afetam café

Imprimir

A valorização do peso colombiano e a redução dos preços internacionais de café voltam a afetar a economia cafeeira da Colômbia.

Em maio passado, em plena colheita, uma carga de café pergaminho tipo exportação valia pouco mais de 1 milhão de pesos (US$ 530,73), enquanto hoje, está em torno de 860.000 pesos (US$ 456,432), o que equivale a uma baixa de cerca de 20%.

Os especialistas no tema dizem que a redução das cotações externas pode ser o primeiro reflexo da crise da Europa e do baixo desempenho da economia dos Estados Unidos, o que tem afetado a demanda, considerando-se o alto consumo da bebida nessas nações.

A redução dos preços internacionais se soma ao menor valor do dólar registrado na última semana, o que levou o preço do grão a cair cerca de 50.000 pesos (US$ 26,53) na primeira semana do ano.

No entanto, especialistas garantem que a redução do valor da carga para a produção nacional não tem um grande efeito sobre os cafeicultores, porque no momento, não há colheita e a única oferta são alguns remanescentes da coleta do segundo semestre do ano passado.

A situação atual é totalmente contrária à registrada no início de 2011, quando os preços externos estavam em alta, assim como o dólar.

Em 12/01/12 – 1 Peso Colombiano = US$ 0,00053
1.867,67 Peso Colombiano = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

Fonte: Portafolio.co. traduzida e adaptada pela Equipe CaféPoint

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *