Colômbia: Instituto diz que consumo só crescerá com melhora da qualidade

Imprimir

Especialistas colombianos garantem que para aumentar o consumo, é necessário buscar melhorar a qualidade e a especialidade na preparação da xícara de café.

O diretor regional do Instituto de Qualidade de Café na Colômbia, Jaime Duque, disse que apesar de o relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda) falar de uma colheita de 147 milhões de sacas e um consumo crescendo em 2%, na Colômbia, deve-se mirar à qualidade, especialização e certificação.

“Na Colômbia, já conhecemos muitos casos de sucesso de como a qualidade e a certificação do café provocou entre os produtores lucros melhores e, se o consumo aumentar, esse valor agregado é necessário para se diferenciar em um mercado muito competitivo”.

Sobre se os cafeicultores estão dando esse passo de qualidade e certificação, ele disse que “não tem sido um processo fácil, mas os exemplos e casos de sucesso tem serviço para mudar essa mentalidade. Hoje, em todas as regiões cafeeiras, os produtores lutam por ter melhor qualidade, por certificar seus cafés e vários têm ganhado prêmios internacionais”. A reportagem é do jornal Caracol.

Por Equipe CaféPoint (CaféPoint)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *