Colheita e secagem mecanizada do café

Imprimir

Na região a colheita do café começou há pouco mais de um mês. No município de Guaranésia, em 30% das lavouras os grãos estão sendo apanhados do pé de modo mecanizado. Através do empenho do Sindicato Rural, uma máquina colheitadeira foi alugada para atender aos cafeicultores.

Uma pesquisa da Universidade Federal de Lavras aponta que a redução com a colheita mecanizada pode oscilar entre 26,8 e 61,7%. Estimativas mostram que 18% da colheita no país já é feita com o uso dessas máquinas, especialmente no Oeste da Bahia e no Cerrado Mineiro. A maior parte da colheita, porém, é feita por meio da derriça, sendo que a derriça mecânica corresponde a 15% e a derriça manual a 61%. Os 6% restantes são de colheita manual.

O valor cobrado na secagem através dos maquinários é calculado com base na quantidade de café que cada produtor leva para os secadores.

Fonte: TV Sul Educativa – Guaxupé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *