Colheita de café segue atrasada e preocupa na área da Cooparaíso, no sul de MG

Imprimir

A colheita da safra de café 2015 na região de atuação da Cooparaíso (Cooperativa Regional dos Cafeicultores de São Sebastião do Paraíso), que atua no sul de Minas Gerais e na região Mogiana de São Paulo, está em torno de 30% a 35%, atrasada e com grãos miúdos preocupando os produtores.

Segundo o engenheiro agrônomo e consultor técnico da Cooparaíso, Marcelo Almeida, normalmente a colheita estaria agora em 45% a 50%, mas as chuvas vêm atrapalhando os trabalhos. Choveu na quarta, quinta e sábado da semana passada e só ontem as máquinas voltaram a colher.

A falta de chuvas em dezembro do ano passado e dezembro deste ano gerou uma safra de grãos miúdos, com os produtores precisando de mais café para fechar uma saca. Normalmente, são necessários 500 a 520 litros de café em coco paraformar uma saca beneficiada, mas até agora ainda no início do beneficiamento da safra estão sendo necessários de 600 a 650 litros.

Isso pode gerar uma quebra ainda maior na produção do que o esperado até agora. O comum é que 50% da safra pelo menos alcance peneira 17 acima, mas o que se viu até este momento é 25% a 30% do total.

O beneficiamento do café ainda está muito no começo. Do total colhido, apenas 10% já foi beneficiado, com a secagem prejudicada pelo clima úmido. “Tem muito café no terreiro”, indica Almeida.

Na área de atuação da Cooparaíso, a safra deve atingir este ano 2,9 milhões de sacas, com o recebimento da cooperativa de 700 a 800 mil sacas. Ano passado a produção na área foi de 3,2 milhões de sacas, com o recebimento da cooperativa em 830 mil sacas. Mas os números podem baixar ainda mais para este ano com o rendimento abaixo do esperado no beneficiamento do café, diz o engenheiro agrônomo.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *