Colheita de café 2020: Cerrado Mineiro tem expectativa de safra com maior qualidade

Imprimir
Levantamentos realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indicam que a colheita de café da safra 2020 no Brasil será entre 57,2 milhões e 62 milhões de sacas beneficiadas de café.

O Estado de Minas Gerais, maior produtor de café arábica do país, será responsável por 30 milhões de sacas, representado assim 75% da produção total do país. Os dados apontados correspondem à perspectiva da bienalidade positiva do café e ao aumento da área de produção no estado.

Para a Região do Cerrado Mineiro a estimativa de produção é de 6,4 milhões de sacas, conforme informações divulgadas pela consultoria da INTL FCStone, em sua primeira análise, após uma expedição técnica pelas principais regiões produtoras.

De acordo com a Conab, a produção no Cerrado Mineiro representará um aumento de 26,6% até 32,3% em relação a 2019. A produtividade média nessa região poderá alcançar o volume de mais de 31,4 sacas por hectare, com um avanço de 27%. Nas áreas de produção os números apresentam ainda um aumento de 4,2%, passando de 185,6 mil hectares em 2019 para 193,4 mil hectares em 2020.

Apesar da previsão estar abaixo das 8 milhões de sacas previstas para este ano na Região do Cerrado Mineiro, os números esperados para 2020 superam 2019, quando a produção foi de 4,59 milhões de sacas.

Em função da demora na maturação do fruto em decorrência de fatores climáticos ocorridos no ano passado, alguns produtores iniciaram a colheita um pouco mais tarde este ano. O fato em nada abalou a expectativa dos produtores, que veem nesta safra uma oportunidade de aumento na qualidade dos grãos. “O ano de 2020 está espetacular. As chuvas estão vindo em condições amenas, favoráveis. Associadas às adubações que fazemos durante todo o período de produção, fizeram com que os cafeeiros respondessem muito bem, inclusive mostrando um crescimento muito grande de ramos que seria procedente para safra 2021.” Afirmou cooperado da Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado – Expocaccer, Osmar Nunes.

Expectativa de Maior Rentabilidade

cafe-grao-vermelhoParalelo aos preparativos da safra e às expectativas geradas em função dos resultados alcançados, os cafeicultores têm um fator a mais de motivação para a colheita 2020: a alta do preço do café.

Nos últimos dois meses o mercado do café e as commodities em geral foram afetadas por diversos fatores, dentre eles, o aumento do dólar e da demanda para outros países e a restrição da oferta do café no mercado físico no Brasil.

Para o Diretor Superintendente da Expocaccer, Simão Pedro de Lima, a produção esperada para 2020 está muito próxima à de 2018, possibilitando que os produtores do Cerrado Mineiro honrem seus compromissos com exportação e consumo interno e alcancem preços competitivos. “O preço do café está remuneratoriamente bom. Houve uma alta significativa em bolsa, favorecida pela alta do dólar e pela especulação econômica mundial em função da situação pandêmica pela qual passamos. Isso afetou cotações em bolsa elevando o preço do café.”

“Estamos numa perspectiva de safra boa, de qualidade, com um ano de comercialização futura bastante intensa com um ótimo volume para receber. Com isso, esperamos prestar o melhor serviço ao produtor. Tivemos números muito positivos nos últimos meses, com a performance do que nós já programamos para os meses de maio, junho, julho e agosto, associado às nossas ações, operações embarques, tudo está alinhado e bem colocado com os nossos cooperados e parceiros. Estamos dispostos a prestar o atendimento de acordo com as necessidades dos nossos cooperados.” Completa o Diretor Comercial da Expocaccer, João Júnior Ferreira.

Atendimento ao Produtor do Cerrado Mineiro

Seguindo os indicativos da safra 2020 e a grande movimentação aguardada para o período, a maior cooperativa de café da Região do Cerrado Mineiro, a Expocaccer, adotou medidas estratégicas com o objetivo de proporcionar aos cafeicultores maior segurança e melhor atendimento às necessidades de seus cooperados, assim como soluções aos seus negócios.

Dentre as principais ações promovidas estão a ampliação de canais e disponibilização de horários alternativos de atendimento ao cafeicultor, que contam ainda com o Portal do Cooperado, canal online exclusivo para serviços que antes eram realizados unicamente de forma presencial e demandavam tempo do produtor. Por meio do site da Expocaccer, o cooperado pode acessar o Portal e realizar o acompanhamento em tempo real das movimentações, emitir boletos, relatórios e extrato de estoque, contratos futuros de venda, posição de contas a pagar, dentre outros serviços.

Além do Portal do Cooperado, poderá ter acesso a documentos como notas fiscais presencialmente, por meio do Departamento de Emissão de Nota Fiscal ao Produtor, ou pelos telefones (34) 3839-9300 e pelo e-mail: nfcooperado@expocaccer.com.br

O acesso ao Portal do Cooperado pode ser feito pelo site: www.expocaccer.com.br e o produtor que ainda não possui a senha de acesso ao Portal do Cooperado deve procurar o Departamento de Relacionamento com o Cooperado da Expocaccer no telefone: (34) 3839- 9300 ou (34) 9 9984- 5320.

Outra medida adotada pela Expocaccer, para garantir ainda mais agilidade no atendimento, é a ampliação do horário de recebimento dos cafés que será realizado de segunda à sábado, das 08h às 20h, e poderá ocorrer simultaneamente nos Armazéns Unidade I (Matriz) e Unidade II (BR).

Unidade de Armazenamento Exclusiva para Cafés Especiais

A novidade desta safra está na Unidade de Armazenagem Exclusiva para Cafés Especiais da Expocaccer. Em maio a cooperativa fará a inauguração do Armazém Unidade I (Matriz), que foi totalmente reformado e será destinado exclusivamente para recebimento, preparo (rebenefício) de microlotes e cafés especiais. “Vamos proporcionar aos cafeicultores um diferencial no preparo dos cafés, no que tangue ao mercado de microlotes, aos cafés preparados em sua origem, para que despontem em um mercado de especiais, cafés gourmet, com padrão de bebidas com maior pontuação. A reforma possibilitará condições de preparo de lotes de cafés para as mais diversas competições e principais concursos no mercado de cafés com alto padrão de qualidade, com um diferencial no resultado final.” Afirmou o Diretor de Operações e Logística da Expocaccer, Leonardo Canto.

Rastreabilidade

A Expocaccer conta ainda com um sistema completo e informatizado de rastreabilidade dos cafés. Esse sistema garante e mantém a integridade do café do produtor.

Com a rastreabilidade são disponibilizadas todas as informações dos lotes depositados nos armazéns da Expocaccer, que possuem identificação completa e individual (por lote) em todas as etapas do processo, permitindo assim a certificação de origem da qualidade dos cafés dos cooperados.

Segurança com a Saúde na Safra

expocaccerDiante da situação de pandemia global causada pela Covid-19 (coronavírus), a Expocaccer vem adotando medidas protetivas à saúde de todos os envolvidos nos processos durante a safra. Dentre elas estão o atendimento ao público com limitação de 2 pessoas por sala, o uso obrigatório de máscaras para todos os profissionais da cooperativa, além do seguimento às normas estabelecidas pelo Plano de Manejo e Técnicas Sanitárias de Saúde e Segurança do Trabalho e pelos órgãos de saúde e governamentais do país.

O Diretor Comercial, João Ferreira Júnior, enfatizou a continuidade dos trabalhos associados aos cuidados necessários para evitar impactos aos trabalhos desenvolvidos no campo durante a safra. “Nossos Agentes e Técnicos do Departamento de Sustentabilidade estão dispostos no que precisarem referente à parte interna das fazendas. Vamos continuar indo a campo, dentro do possível, com todas as medidas cautelares com relação de contato, higienização, uso de máscaras, álcool em gel a 70%, de modo a evitar qualquer situação de exposição com relação ao problema da pandemia da Covid-19.”

Fonte: ASCOM – Expocaccer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *