Código Florestal: senadores discutem questões de mérito

Imprimir

Mesmo que a análise na CCJ seja restrita a aspectos de juridicidade e constitucionalidade, muitos senadores estão fazendo, em reunião que acontece agora, considerações sobre aspectos de mérito, deixando explícitas diferenças de opiniões sobre o projeto que reforma o Código Florestal (PLC 30/11). Enquanto Lindbergh Farias (PT-RJ), por exemplo, propõe modificar o texto para ampliar a proteção das Áreas de Preservação Permanente (APPs), Kátia Abreu (DEM-TO) afirma que a implementação das sugestões de Lindbergh poderia levar à retirada dos moradores da Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.

Outro aspecto discutido é a necessidade de otimizar o uso da terra nas atividades da pecuária, para assim liberar áreas para a expansão do agronegócio. A baixa produtividade da pecuária brasileira foi apontada pelo senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE). Em contrapartida, Blairo Maggi (PR-MT) lembrou que boa parte da agropecuária no Brasil requer a correção e a melhoria do solo, aumentando os custos da produção brasileira.

Fonte: Agência Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *