Cocatrel planeja distribuir mais de R$ 8 milhões entre cooperados

Imprimir
Na próxima terça-feira, 19 de maio, a Cocatrel realizará em sua sede, no Centro de Três Pontas (MG), uma Assembleia Geral Ordinária. Devido à pandemia, a reunião acontecerá sob todas as medidas determinadas pelos governos federal, estadual e municipal a fim de evitar a disseminação do novo Coronavírus. A primeira convocação será às 15 horas.

No Edital, um item a ser demonstrado, discutido e votado se destaca. São as sobras apuradas do exercício 2019. O presidente da Cocatrel, Marco Valério Araújo Brito (foto ao lado), antecipa que elas somam mais de R$ 16 milhões e que, por sugestão do Conselho de Administração, 50% deverão ser destinados aos cooperados. Serão mais de R$ 8 milhões criteriosamente distribuídos aos produtores da Cooperativa – caso a proposta seja aprovada pela plenária.

As sobras apuradas mostram que 2019 trouxe números expressivos para a Cocatrel, mesmo sendo um ano de bienalidade baixa. A Cooperativa faturou quase R$ 1 bilhão, crescimento de 22,56% em relação a 2018.

Vários fatores contribuíram para o recorde, aponta o presidente. As lojas Cocatrel venderam mais, principalmente insumos e as edições da Feira Cocatrel de Negócios auxiliaram para isso; a Cooperativa, por meio de prestação de serviço e agregação de valor, aumentou a sua eficiência atendendo a novos mercados e houve aumento das exportações, além de uma comercialização também histórica de cafés. Marco Valério revela que foram 1.730.860 sacas comercializadas.

“Estamos muitos felizes. Alcançar o melhor resultado da história da Cooperativa é fruto de muita dedicação de todos, de decisões complexas e é também fruto da participação, da fidelização dos cooperados”, comemora o presidente.

Distribuir as sobras positivas para os cooperados é ação única, exclusiva da Cocatrel entre as cooperativas da microrregião de Três Pontas. Para Marco Valério, a iniciativa materializa a seriedade, o comprometimento da Cooperativa com os cooperados “que são donos, fornecedores e clientes Cocatrel”.

A expectativa é que a proposta seja bem aceita na Assembleia da próxima semana. Se isso acontecer, os mais de R$ 8 milhões serão repartidos em créditos aos cooperados de acordo com a movimentação financeira de cada um na Cooperativa – café, cereais e leite. Ainda em relação às sobras, os outros 50% vão para fundos de reserva.

“A Cocatrel tem melhorado sua rentabilidade ano após ano. Teremos muito orgulho em fazer essa distribuição agora porque esse crédito poderá auxiliar o produtor que já começa a sua nova safra; creio que o momento é oportuno”, analisa Marco Valério.

Atualmente, a Cocatrel conta com 6.010 associados.

Plano de Fidelidade Cocatrel

Depois de muito estudo e sistematização, a Cocatrel implantou, em março, um programa que é pioneiro entre as cooperativas de café: o Plano de Fidelidade. O objetivo principal é gerar benefícios para quem é fiel no depósito de café, na adimplência, nas compras nas lojas e no uso da plataforma de serviços que a Cocatrel oferece. Marco Valério explica que isso independe do tamanho da propriedade ou da produção, mas o quanto dela o cooperado confia à Cooperativa, ou seja, o Plano visa condecorar o pequeno, o médio e o grande produtor. As vantagens variam de acordo com o “rating’, ou seja, com a classificação de cada cooperado.

Para o produtor cooperado que atende aos princípios do Plano, é oferecida uma série de vantagens, tais como, descontos nas compras feitas à vista, descontos em serviços prestados – por exemplo, nos laboratórios Cocatrel, redução de juros de adiantamento de venda de café e condições diferenciadas nas Feiras Cocatrel de Negócios. “São inúmeros atrativos para que o cooperado possa, cada dia mais, interagir, trabalhar, utilizar os serviços da Cocatrel”, completa o presidente.

Fonte: Sintonize Aqui (Por Arlene Brito)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *