CMN não analisa voto que definiria novo preço mínimo do café

Imprimir

A assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda informou há pouco que a reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN), encerrada no meio da tarde, não analisou nenhum voto relativo ao novo preço mínimo do café.

O CMN aprovou na reunião de hoje cinco votos agrícolas, mas não o mais aguardado pelo setor produtivo. A assessoria de imprensa recomendou aos jornalistas que fossem buscar mais informações sobre o preço do café no Ministério da Agricultura.

A questão que envolve o novo preço mínimo do produto começou a ser discutida pelo CMN na semana passada. A reunião mensal realizada na quinta-feira terminou sem consenso sobre o novo valor que será definido para o setor produtivo, de modo a atenuar a pressão baixista que a safra brasileira recorde exercerá sobre as cotações da commodity.

Ontem, houve uma nova reunião, que se estendeu por seis horas em função do impasse que envolve o assunto. O valor deveria ter sido definido hoje, mas, como informa a assessoria da Fazenda, o assunto não foi tratado.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *