CIM/UFLA realiza levantamento dos custos de produção do café no Brasil

Imprimir

Com o objetivo de obter informações junto aos produtores rurais para levantamento dos custos de produção do Coffea Arabica e Coffea Canephora, o Centro de Inteligência em Mercados (CIM) da Universidade Federal de Lavras (UFLA) realizou painéis nos seis principais estados produtores de café do país, em municípios com participação expressiva na produção nacional. Nesta edição foram visitados treze municípios brasileiros: Manhumirim (MG), Capelinha (MG), Monte Carmelo (MG), Guaxupé (MG), Santa Rita do Sapucaí (MG), Brejetuba (ES), Jaguaré (ES), Caconde (SP), Franca (SP), Itabela (BA), Luís Eduardo Magalhães (BA), Apucarana (PR) e Cacoal (RO).

O painel consiste em uma reunião técnica in loco que conta com a participação dos agentes da cadeia produtiva de café para definição de uma propriedade modal da região. O coordenador de pesquisas e serviços em gestão do CIM/UFLA, Diego Humberto de Oliveira, conduziu os painéis junto aos produtores, técnicos e pesquisadores vinculados aos Sindicatos Rurais, Federação de Agricultura e Pecuária dos Estados e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

RESULTADOS

Os dados obtidos durante as visitas foram formalizados em uma planilha previamente estrutura pelo CIM e que foi preenchida após o consenso de opiniões instauradas entre os presentes nos painéis. Dando sequência ao projeto, as matrizes de custos e as informações sobre as receitas médias serão atualizadas mensalmente pela equipe do CIM.

Com base nesses dados, será elaborado o Boletim Campo Futuro, que é encaminhado para os produtores rurais, com a consolidação das informações obtidas através dos painéis, e também será gerado o Boletim Ativos do Café, que consiste em uma análise trimestral dos resultados dos indicadores de desempenho e dos levantamentos de custos de produção, assim como da rentabilidade da atividade agrícola.

PROJETO

O Campo Futuro é um projeto da CNA, que alia a capacitação do produtor rural à geração de informação para a administração de riscos de preços, de custos e de produção na propriedade rural.

Fonte: Ascom InovaCafé (Vanessa Trevisan)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *