Chuvas seguem favorecendo regiões produtoras

Imprimir

As chuvas continuam favorecendo os cafezais de todas as regiões produtoras do Sudeste, com os níveis de umidade do solo acima dos 85%, o que é um índice muito bom para suprir toda a demanda hídrica da planta. O destaque parte do boletim agrometeorológico semanal da Somar Meteorologia.

Por outro lado, aponta a Somar, o excesso de dias chuvosos, tempo nublado e temperaturas mais amenas, estão favorecendo a proliferação de doenças, o que afeta a produtividade dos cafezais. Essas condições impossibilitam que os produtores consigam realizar as devidas pulverizações para o controle dessas moléstias, ressalta o boletim. Mas, até o momento, os impactos negativos são mínimos, já que devido à elevada taxa de umidade, os índices de área foliar estão bastante altos, isto é, as plantas encontram-se bem enfolhadas, o que dá pleno suporta a demanda nutricional dos grãos, pondera a Somar.

Os grãos estão na fase de granação e apresentam-se em bom estado. Apenas o seu tamanho ainda está um pouco abaixo do normal para o período, comenta a Somar, o que está diretamente ligado à forte estiagem ocorrida no ano passado. No Espírito Santo, os cafezais da variedade robusta já estão bem adiantados e com boa perspectiva de produção, e a colheita deverá ser iniciada em meados de março, aponta o boletim.

Para essa semana, a Somar prevê dias tipicamente de verão sobre as regiões produtoras de café do Sudeste, com tempo aberto, elevação das temperaturas e pancadas de chuvas no final do dia e início das noites. Dessa forma, as condições se manterão bastante favoráveis ao desenvolvimento vegetativo das plantas e o crescimento e desenvolvimento dos grãos.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *