Chuvas reduzem safra 2010/11 na Índia

Imprimir

A produção de café da India na atual safra 2010/11 poderá ficar abaixo da estimativa do governo, após chuvas fora de época atingir as lavouras em dois dos principais Estados produtores do país, de acordo com executivos da indústria.

A queda na produção poderá afetar os embarques do terceiro maior país exportador de café da Ásia e restringir ainda mais a oferta mundial do grão em uma época em que a demanda é robusta e os preços estão em níveis elevados.

A India poderá produzir 284.000 toneladas de café na safra corrente, queda de 5% ante a estimativa anterior de 299.000 toneladas devido a colheita menor de arábica, afirmou Ramesh Rajah, presidente da Associação de Exportadores de Café da India. Em 2009/10, o país produziu 289.600 toneladas.

"Chuvas em outubro e novembro danificaram a safra de arábica nos Estados cafeicultores de Karnataka e Tamil Nadu. Então, nós achamos que a estimativado governo para a produção de café é muito alta", disse Rajah.

Em 2010/11, a expectativa é de que o país produza cerca de 80.000 toneladas de arábica, comparado a projeção anterior de 95.000 toneladas, enquanto a produção de robusta deverá permanecer em linha com a estimativa inicial de 204.000 toneladas.

"As plantas têm um bom aspecto, mas depois da colheita nós estamos observando que a safra não é o que nós antecipávamos especialmente para o arábica", disse Anil Bhandari, membro do Conselho de Café e produtor de Karnataka.

O grão arábica é geralmente colhido em meados de novembro, mas o recebimento foi atrasado neste ano em cerca de duas semanas devido às chuvas.

Este tipo é utilizado, principalmente, em blends de café premium, enquanto o robusta é misturado com grãos arábica para um opção de baixo custo ou processados em café instantâneo.

A produção menor deverá diminuir também as exportações da India em 2011, de acordo com Rajah, mas ainda é muito cedo para uma estimativa específica. O país, que geralmente exporta cerca de dois terços de sua produção anual de café, embarcando um volume recorde de 291.623 toneladas em 2010. As informações partem de agências internacionais.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *