Chuvas interrompem trabalhos de campo entre o Sul e Sudeste

Imprimir

O feriado prolongado foi de chuva em boa parte do Sul e do Sudeste do Brasil. A volta da umidade é positiva para os agricultores para reverter os baixos índices de umidade relativa do solo, além de acumular um pouco mais de água para os reservatórios.

 

Em algumas localidades, infelizmente, a chuva veio acompanhada de queda de granizo. Foi o caso da zona rural de João Neiva e Santa Teresa, na região serrana do Espírito Santo. A chuva durou cerca de 5 minutos, mas foi o suficiente para quebrar telhas de galpões de indústrias. A capital Belo Horizonte também registrou chuva e granizo depois de 37 dias de tempo seco.

 

Para esta semana, a promessa é de tempo muito instável no Sul e no Sudeste e, inclusive, em parte do Centro-Oeste do Brasil por conta do avanço de uma frente fria. Com isso, os trabalhos de colheita da cana-de-açúcar, do café, algodão e milho safrinha podem sofrer paralisações momentâneas, assim como algumas práticas agrícolas. As chuvas podem ser fortes em alguns pontos, como é o caso do oeste do Paraná, onde os volumes serão maiores. 

 

No geral, a previsão é de chuvas irregulares, uma ou outra localidade não deverá ser tão prejudicada. Com o retorno das chuvas as temperaturas não deverão ficar tão altas quando essa semana.

 

A terça, dia 8 será chuvosa em todo norte gaúcho, Santa Catarina e Paraná. No Centro-Oeste, o tempo segue instável principalmente em Mato Grosso do Sul, mas também há previsão de chuva isolada no sul de Goiás. Em São Paulo, depois de um feriado cinzento, as chuvas vão ganhar intensidade nesta terça. O mesmo acontece para as áreas de café do sul e oeste de Minas Gerais.

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *