Chuvas em SP, PR e MG afetam qualidade do café da safra 13/14, diz Somar

Imprimir

As recorrentes chuvas desde a segunda quinzena de maio estão afetando a qualidade do café da safra 2013/14 em todas as principais regiões produtoras de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, de acordo com boletim da Somar Meteorologia divulgado nesta terça-feira.

"O excesso de dias chuvosos e consequentemente o excesso de umidade sobre os grãos de café têm provocado a aceleração no processo de maturação dos grãos, e consequentemente a produção de cafés cereja descascado diminuiu drasticamente nessa safra", disse o agrometeorologista Marco Antônio dos Santos, da Somar.

A colheita da safra 2013/14 está em sua fase inicial. No começo, as atividades estavam sendo beneficiadas por um tempo mais seco.

Segundo conversas com especialistas do setor citadas pelo agrometeorologista, normalmente a produção desse tipo de café especial é de 30 por cento em relação à produção de cafés especiais de todos os tipos.

"Este ano, devido a essas intempéries climáticas, estima-se uma produção de no máximo 15 por cento, isto é, será produzido a metade de café cereja descascado que normalmente se produz."

Além disso, outros tipos de cafés especiais também sofreram perda de qualidade.

Por outro lado, acrescentou a Somar, o que se observa com o andamento da colheita, em todas as regiões produtoras, são índices de produtividade acima da média para um ano de bianualidade baixa do arábica.

Na segunda quinzena de junho, novos episódios de chuvas deverão ocorrer, segundo a Somar.

Novas áreas de instabilidade já avançam sobre o Paraná e, dessa forma, esse sistema deverá atingir as regiões cafeeiras de São Paulo e sul de Minas Gerais entre quarta-feira e quinta-feira.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *