Chuvas e quedas em Nova York reduzem liquidez do mercado físico na sexta-feira

Imprimir

O mercado brasileiro de café encerrou a semana com queda acentuada no volume de negócios, diante da resistência do lado vendedor. As chuvas em praças de comercialização importantes contribui para o esvaziamento do mercado, e reduz o ímpeto de negociação dos produtores, principalmente em momentos de queda no referencial de Nova York .

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa esteve cotado em R$ 450,00 a saca, mesmo patamar de ontem. No cerrado mineiro, arábica bebida boa teve cotação de R$ 450,00 a saca, recuando R$ 5,00 por saca.

O café rio tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais teve cotação de R$ 240,00 a saca, inalterado. Já o conillon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, foi cotado a R$ 202,00 por saca, também estável.

Fonte : Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *