Chuva pode induzir floração do café

Imprimir
Conforme havíamos alertado no boletim da semana passada, a frente fria conseguiu avançar pelo Sul do Brasil, provocando chuvas generalizadas em diversas localidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, bem como no Mato Grosso. A chuva no Sul, possibilitou uma elevação dos níveis de umidade do solo, garantindo melhores condições ao desenvolvimento das lavouras de trigo, que vinham sofrendo com o déficit hídrico.

Já, no Mato Grosso, a chuva afetou algumas lavouras de algodão e feijão. Porém, somente ao longo da semana é que haverá a possibilidade de apurar com maior exatidão os reais impactos dessas chuvas. Também houve registros de chuva em algumas localidades do Piauí, Maranhão e do Pará nesse final de semana. Em quase toda a região Sudeste, Mato Grosso do Sul, Bahia e em Goiás, o tempo permaneceu aberto e sem chuva, possibilitando o rápido avanço dos trabalhos de colheita.

Previsão para os próximos dias Brasil:
Nesta segunda-feira (14) o tempo volta a abrir em todo o Sul do Brasil, sendo que há previsões para eventuais pancadas de chuva bem isoladas sobre os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia. Também há previsão de chuva sobre a faixa litorânea de Alagoas e Pernambuco.

Ao longo da semana, uma nova linha de instabilidade poderá se formar sobre a faixa central do Brasil e a partir de quinta-feira (17) poderá ocorrer chuvas mais intensas sobre o Paraná, São Paulo, sul de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

A chuva prevista mais para o final de semana sobre estes estados irão atrapalhar o pleno andamento da colheita do café, cana de açúcar e também do milho safrinha, mas vai ajudar a elevar os níveis de umidade do solo, garantindo melhores condições ao desenvolvimento das lavouras. Para o café a chuva poderá induzir a floração.

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, a chuva só deverá retornar no próximo final de semana, onde há previsões, novamente, de chuvas mais volumosas o que mantem uma condição ainda mais favorável ao trigo, bem como ao preparo do solo para as novas culturas de verão – safra 2017/18 e, aos poucos esse sistema avançará novamente à região central do Brasil.

Já no Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia, Goiás e Pará o tempo segue aberto e sem previsão para chuva ao longo dos próximos 10 dias.

Temperatura
Com relação a frio, não há nenhuma indicação de que uma massa de ar polar de intensidade forte possa avançar sobre o Brasil nos próximos 15 dias e causar qualquer tipo de dano às culturas. As temperaturas continuarão seguindo o padrão dos últimos dias. A exceção é que as temperaturas máximas não ficarão tão altas devido a passagem de uma frente fria pela região central do Brasil.

Fonte: Climatempo (Por Marco Antônio Santos / Agrometeorologista)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *