Certificação de orgânicos em ascensão

Imprimir

Com a proximidade do prazo final de adaptação dos produtores à Lei dos Orgânicos, em 31 de dezembro, cresceu a busca por informações sobre o credenciamento de certificadoras no Ministério da Agricultura.

Pelo movimento, o chefe de Controle de Garantia de Qualidade Orgânica da Coordenação de Agroecologia do ministério, Roberto Mattar, prevê que sejam credenciadas 15 certificadoras no segundo semestre deste ano. O decreto 7.048 estabelece que o selo oficial para produtos orgânicos poderá ser usado por produtores que comprovarem em auditorias respeito às novas regras.

Para que essa previsão se confirme, é preciso acelerar a acreditação das certificadoras, que tem levado, em média, de três a quatro meses. "Será uma luta contra o relógio para todos", resume Mattar.

No Rio Grande do Sul, uma das prováveis certificadoras oficiais será a Ecocitrus. A Emater/RS também pretende certificar orgânicos. Segundo Edemar Streck, gerente de Classificação e Certificação, a empresa encaminhará o processo tão logo seja creditada pelo Inmetro para a certificação de armazéns.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *