Cepea: mercado de café tem pouca liquidez no final da colheita

Imprimir

Com a colheita da safra 2013/2014 em fase final, o mercado de café arábica tem apresentado baixo volume de negócios. É a avaliação do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

“Boa parte dos vendedores preferem segurar seus lotes, à espera de uma recuperação nos preços. Além disso, agentes aguardam novidades com relação ao auxílio do governo”, informa, em alerta de mercado.

O governo anunciou que pretende lançar contratos de opção de venda de café para 3 milhões de sacas. Os contratos seriam para 3 milhões de sacas de 60 quilos, com valor de R$ 343 por saca e vencimento em março do ano que vem. Está pendente a publicação dos avisos referentes a esses contratos.

Segundo dados do próprio Cepea, os preços estão praticamente estáveis neste início de mês. Apear da alta de quarta-feira (4/9), com a saca de 60 quilos cotada a R$ 285,01, o indicador Cepea/Esalq acumula alta de 0,06%.

Entre as referências internacionais, o indicador diário de preços da Organização Internacional do Café teve queda na quarta-feira (US$ 1,1235 por libra-peso). No entanto, nestes primeiros dias de setembro, acumula alta de 0,62%. O indicador pondera cotações de cafés arábica e robusta.

Nesta semana, foram divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) os estoques privados de café datados de 31 de março deste ano. O volume é de 13,93 milhões de sacas, 66% a mais que na mesma data no ano passado (8,41 milhões).

Fonte: Globo Rural Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *